Dólar Comercial compra R$ 5,3341 venda R$ 5,3361 máxima 5,3481
Euro compra R$ 6,4667 venda R$ 6,4682 máxima 6,4827
19 Jan - 14h45
terça, 19 de janeiro de 2021
MAGAZAN CAFÉ - DESK - 19/01
MAGAZAN CAFÉ - MOB - 19/01
COMPLICADO

Assessor da Casa Civil de Helder Barbalho foi executado em Belém

Governo nega que David Mesquita integrava a equipe de governo

04 Mar 2019 - 18h18Atualizado 04 Mar 2019 - 22h14Por Da Redação
Assessor da Casa Civil de Helder Barbalho foi executado em Belém -

David Alexandre Lobato Mesquita, 33 anos, foi assassinado na noite de domingo, 3, na travessa Vileta, segundo informações da Polícia Militar, no momento da execução, ele participava de uma festa na rua e populares viram quando um carro preto entrou pela via e atirou várias vezes em David. A equipe de peritos informou que a vítima levou seis perfurações de arma de fogo.

A Divisão de Homicídios da Polícia Civil investiga sua morte, mas estranhamente, divulgou uma nota pública, informando que David Mesquita "não era assessor na Casa Civil da Governadoria do Estado". 

Porém, em breve pesquisa no Diário Oficial do Estado, rapidamente se encontra a nomeação de David Mesquita para assessor especial I na Casa Civil do governo Helder Barbalho (MDB). Não se sabe qual a intenção do governo estadual em negar a evidência.

A nota também informou que "David nunca foi preso, não era usuário de drogas, estava trabalhando como motorista e realizava serviços comunitários no bairro, além de ser ligado a alguns políticos. Segundo testemunhas, er conhecido como 'Deco', é muito parecido fisicamente com seu primo Fabrício, de apelido 'Biscoito', que seria traficante de drogas, por isso, os criminosos poderiam ter confundido a vítima".

Porém, como mostra a cópia abaixo, desde o dia 15 de fevereiro, David Alexandre Lobato Mesquita, estava exercendo a função na Casa Civil. 


David Mesquita também já exerceu funções públicas na Câmara de vereadores e na Prefeitura Municipal de Belém, como mostram as nomeações do Diário Oficial do Município de Belém.

Este é o segundo caso de baixa na Casa Civil do governador Helder Barbalho em dois meses de governo. Na quarta-feira, 27 de fevereiro, Jardel Rodrigues da Silva, que exerceu o cargo de subchefe da Casa Civil, foi preso pela Polícia Federal. Ele e mais cinco servidores públicos são investigados pela Polícia Federal, Controladoria Geral da União (CGU) e Ministério Público Estadual (MPPA) de integrar uma quadrilha que desviou R$ 23,5 milhões da Fundação de Apoio à Pesquisa, Extensão e Ensino em Ciências Agrárias (Funpea) da Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra).

No dia seguinte, Jardel foi exonerado pelo governador do Estado. O governo em nota, também negou que ele exercia a subchefia da Casa Civil, apesar do Diário Oficial do Estado divulgar vários atos assinados por ele.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 98469-4559ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Moradores de residencial de Marituba ficam sem água nesta quarta, 20
AVISO

Moradores de residencial de Marituba ficam sem água nesta quarta, 20

há 5 minutos atrás
Moradores de residencial de Marituba ficam sem água nesta quarta, 20
Faro, no Oeste do Pará, tem oito pacientes na fila por UTI e nenhuma resposta
COLAPSO

Faro, no Oeste do Pará, tem oito pacientes na fila por UTI e nenhuma resposta

há 24 minutos atrás
Faro, no Oeste do Pará, tem oito pacientes na fila por UTI e nenhuma resposta
Indígena de 105 anos é a primeira vacinada contra a covid-19 em aldeias no Pará
SAÚDE

Indígena de 105 anos é a primeira vacinada contra a covid-19 em aldeias no Pará

há 25 minutos atrás
Indígena de 105 anos é a primeira vacinada contra a covid-19 em aldeias no Pará
Homem é executado a tiros no bairro do Guamá
BELÉM

Homem é executado a tiros no bairro do Guamá

há 30 minutos atrás
Homem é executado a tiros no bairro do Guamá
Polícia prende nove acusados de envolvimento com tráfico de drogas no Marajó
OPERAÇÃO HORUS

Polícia prende nove acusados de envolvimento com tráfico de drogas no Marajó

há 45 minutos atrás
Polícia prende nove acusados de envolvimento com tráfico de drogas no Marajó
Últimas Notícias