Dólar Comercial compra R$ 3,7412 venda R$ 3,7414 máxima 3,7413
Euro compra R$ 4,1845 venda R$ 4,1855 máxima 4,1936
23 Jul - 04h09
terça, 23 de julho de 2019
Vale Informe 940x230
Inscrições até sexta mobile
CRIME AMBIENTAL

Aves silvestres são apreendidas em prédio de luxo do Umarizal

25 Abr 2019 - 22h31Atualizado 25 Abr 2019 - 22h36
Aves silvestres são apreendidas em prédio de luxo do Umarizal - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Dez aves da fauna silvestre foram apreendidas pela Polícia Civil, nesta quinta-feira, 25. Os animais estavam em um cativeiro ilegal, situado em um prédio de luxo, no bairro do Umarizal.

No local, foram resgatadas os seguintes pássaros: uma patativa pintada, duas coleirinhas, dois curiós, um bicudo, duas rolinhas, um bigode e um chupim. O dono do apartamento foi detido e vai responder pelo crime ambiental na Justiça. O procedimento foi realizada na Divisão Especializada em Meio-Ambiente (Dema). 

Segundo a denúncia, o local onde as aves eram criadas de forma ilegal era no apartamento de propriedade de Alberto Carlos Silva Carneiro, na Rua Bernal do Couto, no bairro do Umarizal. Segundo o delegado Waldir Freire, diretor da Dema, a polícia recebeu uma denúncia anônima informando sobre a guarda ilegal dos animais. Em seguida, uma viatura foi até o endereço denunciado.

No prédio, os policiais militares foram atendidos pelo zelador do edifício que permitiu o acesso deles até o rol de entrada do imóvel, onde ficaram no aguardo enquanto o zelador foi até o apartamento para requisitar a autorização para entrada. A equipe policial aguardou por cerca de vinte minutos até que foi solicitado que a viatura desse uma volta ao redor do prédio. Foi nesse momento em que os policiais perceberam que animais silvestres estavam sendo soltos no apartamento. Diante disso, a guarnição policial subiu até o apartamento onde foram atendidos pelo dono do imóvel que permitiu a entrada deles ao local, onde, na sacada, constataram a presença das aves.

A sacada estava toda telada e as aves estavam guardadas em dois alçapões (tipos de gaiolas). Foi emitida uma lavratura do procedimento de Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) pelo crime ambiental. Após assinar o documento, o dono do imóvel foi liberado para responder ao processo na Justiça em liberdade. Os animais foram apreendidos e permanecerão à disposição da Justiça, para serem soltos na natureza.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Ministro da Educação é ofendido em Alter do Chão. Assista!
'NÃO EXISTE RESPEITO'

Ministro da Educação é ofendido em Alter do Chão. Assista!

22/07/2019 23:32
Ministro da Educação é ofendido em Alter do Chão. Assista!
TerPaz promove projeto de cultura integrando parceiros comunitários
DINÂMICAS

TerPaz promove projeto de cultura integrando parceiros comunitários

22/07/2019 20:23
TerPaz promove projeto de cultura integrando parceiros comunitários
Mais de nove milhões de reais serão investidos em recuperação de calçadas de Belém
URBANISMO

Mais de nove milhões de reais serão investidos em recuperação de calçadas de Belém

22/07/2019 18:14
Mais de nove milhões de reais serão investidos em recuperação de calçadas de Belém
Cargo de gerente de Sol e Praia existe desde 2011, diz governo
SAIBA O QUE FAZ

Cargo de gerente de Sol e Praia existe desde 2011, diz governo

22/07/2019 17:16
Cargo de gerente de Sol e Praia existe desde 2011, diz governo
Pará recebe equipamentos de segurança remanescentes das olimpíadas
SEGURANÇA

Pará recebe equipamentos de segurança remanescentes das olimpíadas

22/07/2019 15:43
Pará recebe equipamentos de segurança remanescentes das olimpíadas
Últimas Notícias