Dólar Comercial compra R$ 5,5321 venda R$ 5,5326 máxima 5,6232
Euro compra R$ 6,0302 venda R$ 6,0318 máxima 6,0321
24 Mai - 19h10
domingo, 24 de maio de 2020
PMB Fase 3
Basa - Amazônia Vida mobile
MEDICINA

Evento discute qualidade de vida para pessoas com síndrome de Down

O dr. Zan Mustacchi é referência no assunto; inscrições estão abertas

08 Nov 2019 - 04h58Atualizado 08 Nov 2019 - 07h56Por Dáleth Oliveira
Evento discute qualidade de vida para pessoas com síndrome de Down - Crédito: Wagner Almeida/SEJUDH Crédito: Wagner Almeida/SEJUDH

Por acreditarem que a síndrome de Down não é uma barreira para a qualidade de vida, três mães de filhos que nasceram com a trissomia 21 se uniram para trazer do estado de São Paulo, o médico referência no assunto, o dr. Zan Mustacchi para uma palestra no dia 30 deste mês, em Belém.

O trio faz parte de um grupo de mães de crianças com a trissomia “Ser Diferente é Normal”, e sempre se interessaram por novidades da medicina que pudessem beneficiar a vida dos filhos. Uma delas, a advogada Roberta Monteiro, que tem um filho de 6 anos com a síndrome, contou que acompanha os avanços e pesquisas há anos e percebe a necessidade de debater sobre o tema aqui em Belém.

“Hoje em dia, a maioria das pessoas com Down, quando bem estimulada, tem uma nutrição adequada e um apoio pedagógico, consegue ter um futuro independente e autonomia. A gente vê que muitos conseguem fazer faculdade, abrir o próprio negócio, casar, estudar, morar sozinho, ter a sua própria conta bancária e administrar a vida. Aqui no nosso estado, a percebemos que a maioria dos jovens e adultos que tem a síndrome está bem atrás dessa realidade, é muito dependente dos pais, não consegue ser alfabetizado”, explica Roberta.

 Roberta e o filho de 6 anos

Foi pensando nessa possível qualidade de vida, que Roberta e suas amigas estão promovendo o encontro marcado para o dia 30 de novembro, no auditório da faculdade Esamaz. “Nós só conseguimos acabar com o preconceito quando a gente cria um novo conceito, e esse novo conceito é criado por meio de novas informações”, justifica a advogada.

Segundo contou a mãe, o especialista convidado começou a se interessar pela síndrome quando ainda era aluno de residência e presenciou um bebê tendo atendimento negado por ser considerado “mongoloide”. A criança acabou falecendo. Não conformado com o que viu, Zan decidiu que a vida dele seria dedicada em buscar uma melhor qualidade de vida para as pessoas com Down.

O evento vai tratar sobre saúde, nutrição, educação e qualidade de vida para pessoas com síndrome de Down. O valor do ingresso é R$ 300, mas as organizadoras garantem um desconto para grupos de cinco ou mais pessoas. Para comprar online, clique aqui, ou entre em contato com as organizadoras ligando para este número: 98155-1815.

Dr. Zan Mustacchi

O Dr. Zan é referência nacional e internacional na área. Responsável pelo Departamento de Genética do hospital público Darcy Vargas em São Paulo e Diretor do CEPEC, Centro de Estudos e Pesquisas Clínicas, Zan é o coordenador da especialização lato-sensu em síndrome de Down. Além disso, é membro fundador da Federação Brasileira das Associações de Síndrome de Down, FBASD, e representante da federação no Conselho Nacional de Saúde.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSISTA: vídeos mostram movimentação de banhistas na praia do Atalaia em Salinas furando o isolamento social
DESCUMPRIRAM DECRETO

ASSISTA: vídeos mostram movimentação de banhistas na praia do Atalaia em Salinas furando o isolamento social

há 19 minutos atrás
ASSISTA: vídeos mostram movimentação de banhistas na praia do Atalaia em Salinas furando o isolamento social
No penúltimo dia de lockdown, Pará registra 49,9% e fica na 4ª posição do ranking de isolamento social
PESQUISA

No penúltimo dia de lockdown, Pará registra 49,9% e fica na 4ª posição do ranking de isolamento social

24/05/2020 16:00
No penúltimo dia de lockdown, Pará registra 49,9% e fica na 4ª posição do ranking de isolamento social
Pará registra mais 340 pacientes infectados e 66 vítimas fatais da covid-19
ATUALIZAÇÃO

Pará registra mais 340 pacientes infectados e 66 vítimas fatais da covid-19

24/05/2020 13:00
Pará registra mais 340 pacientes infectados e 66 vítimas fatais da covid-19
Com a maior disparada de mortes por covid-19 no país, Breves decreta abertura de comércio
MARAJÓ

Com a maior disparada de mortes por covid-19 no país, Breves decreta abertura de comércio

24/05/2020 12:30
Com a maior disparada de mortes por covid-19 no país, Breves decreta abertura de comércio
Veja o que reabre a partir de segunda-feira, 25, com o fim do lockdown
NOVO DECRETO

Veja o que reabre a partir de segunda-feira, 25, com o fim do lockdown

24/05/2020 11:27
Veja o que reabre a partir de segunda-feira, 25, com o fim do lockdown
Últimas Notícias