Dólar Comercial compra R$ 4,1411 venda R$ 4,1416 máxima 4,1944
Euro compra R$ 4,5788 venda R$ 4,5810 máxima 4,6506
07 Dez - 05h53
sábado, 07 de dezembro de 2019
Unique
Unique_mobile
REINTEGRAÇÃO DE POSSE

Mais de 5 mil pessoas são retiradas pela Polícia de conjunto habitacional no Aurá

11 Nov 2019 - 07h52Atualizado 11 Nov 2019 - 08h09Por Da Redação
Mais de 5 mil pessoas são retiradas pela Polícia de conjunto habitacional no Aurá - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Mais de 5 mil pessoas estão sendo retiradas neste momento do conjunto habitacional Pouso do Aracanga, localizado no bairro do Aurá, em Ananindeua, na Região Metropolitana de Belém. A retirada é em cumprimento à ordem judicial para reintegração de posse do conjunto, que encontra-se totalmente ocupado indevidamente por 1.344 famílias, divididas em 336 blocos, totalizando cerca de 5.376 pessoas. A operação da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup) começou nesta segunda-feira, 11, às 5h, e segue até a próxima sexta-feira, 15.

Mais de 681 agentes de segurança, entre policiais militares do Comando de Missões Especiais (CME), Batalhão de Choque, Comando de Policiamento Especializado (CPE), Policiais Civis, Bombeiros Militares, Força Nacional de Segurança Pública, Polícia Federal, além de funcionários da Caixa Econômica Federal, Concessionária de Energia (Celpa), Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), Secretaria Municipal de Habitação, oficiais de justiça, entre outros órgãos que atuam na operação.

Viaturas – Trabalham na operação 148 viaturas, entre veículos quatro rodas, motocicletas, micro-ônibus e ambulâncias, destacando 50 caminhões para fazer o transporte dos pertences dos moradores irregulares.  O Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp) também será utilizado na ação, com duas aeronaves.

Assim que as unidades forem desocupadas, a Celpa irá fazer o desligamento de energia elétrica. A operação iniciará no dia 11 e permanecerá no local por cinco dias a fim de evitar que as pessoas que tiveram que deixar o local ocupem novamente o espaço de forma irregular. Para isso, seis barracas serão instaladas para abrigarem os agentes envolvidos na operação. Refletores serão instalados para iluminar as áreas próximas às barracas. Em uma delas será montado u posto de comando.

Desocupação voluntária – As famílias tiveram desde o dia 22 de novembro para desocupar voluntariamente o espaço. 74 famílias já deixaram o local de forma espontânea, desde que receberam a ordem judicial de desocupação dos imóveis.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Famílias denunciam crime ambiental causado pelas festas do clube Apeti
CRIME AMBIENTAL

Famílias denunciam crime ambiental causado pelas festas do clube Apeti

há 48 minutos atrás
Famílias denunciam crime ambiental causado pelas festas do clube Apeti
Hospital Barros Barreto realiza campanha de prevenção ao câncer de pele
NESTE SÁBADO

Hospital Barros Barreto realiza campanha de prevenção ao câncer de pele

há 50 minutos atrás
Hospital Barros Barreto realiza campanha de prevenção ao câncer de pele
Caso do empresário assassinado em Ananindeua segue sem solução
CRIME BRUTAL

Caso do empresário assassinado em Ananindeua segue sem solução

há 50 minutos atrás
Caso do empresário assassinado em Ananindeua segue sem solução
Empresário encontrado morto em Ananindeua está sendo velado pela família
TRAGÉDIA

Empresário encontrado morto em Ananindeua está sendo velado pela família

há 8 horas atrás
Empresário encontrado morto em Ananindeua está sendo velado pela família
Portuários prometem paralisar Vila do Conde por 12 horas
PROTESTO

Portuários prometem paralisar Vila do Conde por 12 horas

06/12/2019 21:25
Portuários prometem paralisar Vila do Conde por 12 horas
Últimas Notícias