Dólar Comercial compra R$ 5,5986 venda R$ 5,5991 máxima 5,6089
Euro compra R$ 6,7581 venda R$ 6,7609 máxima 6,7739
27 Fev - 01h01
sábado, 27 de fevereiro de 2021
MGZ-SUPERBANNER-TEC-19/02 A 10/03
MGZ-REC-TEC-19/02 A 07/03
'MAL APURADA'

Procurador-geral de Justiça rebate jornal da família do governador: 'restabelecer a verdade'

21 Fev 2021 - 15h45Atualizado 21 Fev 2021 - 16h24
Procurador-geral de Justiça rebate jornal da família do governador: 'restabelecer a verdade' - Crédito: Reprodução/Ascom MPPA Crédito: Reprodução/Ascom MPPA

O procurador-geral de Justiça do Pará, Gilberto Martins, rebateu uma reportagem publicada na edição deste domingo, 21, no jornal Diário do Pará, que pertence à família do governador do Estado, Helder Barbalho (MDB). O texto, intitulado “Corregedor vê indícios de crime na conduta de assessor de Gilberto Martins”, segundo o procurador-geral, omitiu informações relevantes e fez uma abordagem mentirosa dos fatos.

Conforme afirma Martins, o inquérito policial militar, de que trata a matéria, foi instaurado para apurar a conduta do ajudante de ordens Afonso Geomárcio, tenente coronel da Polícia Militar, e concluiu, em um relatório de 10 páginas, pela inexistência de crime, destacando que os policiais civis envolvidos na Operação Quimera declararam que não presenciaram qualquer tentativa de obstrução ou intimidação por parte de Geomárcio.

Ainda segundo o procurador-geral, "no aspecto disciplinar a autoridade opinou pela existência de indícios de falta disciplinar apenas por entender que teriam faltado educação e urbanidade do investigado".

A reportagem do jornal local, no entanto, afirma que há indícios de crime e transgressão da disciplina do policial militar.

Martins alega ainda que a delegada de Polícia Civil, Daniela Borges Vasconcelos, responsável pelo cumprimento da ordem judicial durante a Operação Quimera, e os investigadores Thiago Silva Mangas, Raphael Martins Siqueira e Arthur Henrique de Souza Neto, que também estavam presentes na operação, afirmaram nos seus depoimentos que "não presenciaram qualquer ação do tenente coronel Afonso Geomárcio no intuito de impedir a ação policial". A informação, segundo o procurador-geral, foi omitida na reportagem que classificou como "mal apurada".

O procurador-geral disse também que "providências judiciais cíveis e criminais já estão sendo adotadas" contra o jornal da família do governador.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 98469-4559ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Nas redes sociais, amigos lamentam morte do policial militar Diego Disney
ACIDENTE

Nas redes sociais, amigos lamentam morte do policial militar Diego Disney

26/02/2021 23:06
Nas redes sociais, amigos lamentam morte do policial militar Diego Disney
Vídeo: acidente causa engarrafamento no Entroncamento
TRÂNSITO

Vídeo: acidente causa engarrafamento no Entroncamento

26/02/2021 20:52
Vídeo: acidente causa engarrafamento no Entroncamento
Foragido há 17 anos, assassino do milionário paraense João Sabóia é preso no RS
CRIME NOS EUA

Foragido há 17 anos, assassino do milionário paraense João Sabóia é preso no RS

26/02/2021 20:16
Foragido há 17 anos, assassino do milionário paraense João Sabóia é preso no RS
Vídeo: homem fica preso nas ferragens e morre carbonizado após acidente no Pará
TRAGÉDIA

Vídeo: homem fica preso nas ferragens e morre carbonizado após acidente no Pará

26/02/2021 18:59
Vídeo: homem fica preso nas ferragens e morre carbonizado após acidente no Pará
Policial militar morre em grave acidente próximo a Nova Timboteua
FATALIDADE

Policial militar morre em grave acidente próximo a Nova Timboteua

26/02/2021 18:47
Policial militar morre em grave acidente próximo a Nova Timboteua
Últimas Notícias