Dólar Americano/Real Brasileiro compra R$ 4,9133 venda R$ 4,9144 máxima 4,9218
Euro/Real Brasileiro compra R$ 5,8739 venda R$ 5,8757 máxima 5,883
25 Jun - 09h48
sexta, 25 de junho de 2021

+ que um

As 5 melhores Dicas para consumir o mesmo e pagar menos

09 Ago 2020 - 18h00Por Jonny Penner

Vejo muitas pessoas falando que não começam a guardar dinheiro, pois não tem espaço no orçamento para isso. Quando isso acontece, como planejador financeiro, faço o seguinte questionamento: se você gastasse menos consumindo as mesmas coisas você investiria a diferença?

Neste momento o impacto é forte e meu cliente se vê sem saída, afinal, como poderia responder que “não” para uma oportunidade tão rica quanto esta?

Sendo assim, vou te dar as 5 melhores dicas para você pagar menos no seu dia a dia de consumidor, mas você terá que me prometer que vai investir essa diferença, topa? Ahh, se precisar saber onde colocar seu primeiro investimento, basta clicar aqui que tem um vídeo que te conta sobre isso.

Sem mais delongas, vamos às dicas:

     1- Antes de comprar, baixe o app da loja

Não sei você costuma fazer isso, mas é muito comum eu gastar menos em supermercados ou lojas online quando tenho o aplicativo da própria loja. No mini extra, que fica na frente da minha casa, costumo ter descontos que variam de 15 a 30% em certos produtos, simplesmente por baixar o app e ativar a oferta enquanto estou dentro do mini mercado.

Outro exemplo são as lojas online que, além dos descontos, costumam liberar frete grátis para te incentivar a usar o aplicativo delas. Semana passada comprei na loja Camicado e economizei R$64,00 de frete com essa estratégia.

     2-  Peça descontos

Muita gente tem vergonha, mas eu brinco que pedir descontos é um dos retornos mais rentáveis que você vai ter na vida. Nessa vida de pechincheiro, costumo garantir de 5 a 10% de desconto em cada compra, principalmente se estou comprando no dinheiro.

Me diga: qual investimento te dá 10% de retorno em 30 segundos com risco zero?

     3- Pesquise

Parece coisa dos anos 90, já que nos dias de hoje não temos tanta paciência para pesquisar. Contudo, dedicar um pouco mais de tempo na pesquisa pode te gerar bons frutos. Em supermercados (talvez você não perceba) se pode ter uma economia expressiva quando se divide as compras em dois diferentes (pode ser um grande e um pequeno), preferenciando a compra de cada produto onde estiver mais barato. Economizei este mês R$8,00 apenas no molho barbecue! Imagina no final das contas o tamanho da economia.

Vale lembrar que quando estamos comprando outros tipos de produto, tem aplicativos e sites que podem te ajudar a fazer esta pesquisa. O app Zoom, por exemplo, além de te passar a loja mais barata, te diz quanto o produto custou nos últimos seis meses, assim você sabe se está comprando numa época em que os preços estão maiores ou mais justos.

     4- Utilize programas de CashBack (Dinheiro de volta)

Muita gente ainda não conhece e, quando escuta, acha até que se trata de golpe. No mundo atual tem empresas que te dão uma parte do dinheiro de volta de quase tudo que você compra pela internet. Intrigante certo?! A primeira vez que vi, me perguntei: mas como essa empresa ganha dinheiro? Ao pesquisar descobri que ela ganha uma comissão por te levar ao site que você fez a compra e, depois disso, ela divide a comissão com você. Legal né?!

Se quiser uma indicação te recomendo a Meliuz (clique aqui para se cadastrar) que é uma Startup brasileira e tem feito isso muito bem nos últimos anos. Eu mesmo já peguei mais de R$2mil de cashback por lá. O dinheiro cai na sua conta corrente e você nem paga para que eles façam essa transferência. É simplesmente incrível!

     5- Quando tiver razão, reclame. Você pode até receber em dobro!

Pode ser um preço anunciado na prateleira menor do que o que aparece na hora do pagamento, ou simplesmente uma taxa que não foi informada durante o processo de compra. São tantas as vezes que nós consumidores somos pegos desprevenidos que pela paz de espírito deixamos de reclamar.

Por outro lado, é importante lembrar que só você sabe o quanto se esforça para ganhar seu dinheiro, então faça jus a isso, ao seu esforço! Reclame imediatamente. Se não resolver, procure o SAC e a Ouvidoria. Se ainda não resolver, busque alternativas como o Reclame AQUI e os órgãos de defesa do consumidor.

Ahh, se o valor cobrado indevidamente tiver sido pago sem que você tenha notado, você passa a ter direito a receber aquele valor em dobro. Isso é lei e está previsto no artigo 42 do código de defesa do consumidor.

 

Se quiser mais dicas sobre finanças pessoais, te convido a me seguir no Instagram e se inscrever no meu canal do Youtube. Nas duas plataformas você me encontrará como Jonny Penner.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Anticorpo neutralizante de paciente com HIV consegue impedir infecção pelo vírus, diz pesquisa
CIÊNCIA

Anticorpo neutralizante de paciente com HIV consegue impedir infecção pelo vírus, diz pesquisa

há 11 minutos atrás
Anticorpo neutralizante de paciente com HIV consegue impedir infecção pelo vírus, diz pesquisa
Governo britânico libera público total para GP de Silverstone de Fórmula 1
GP

Governo britânico libera público total para GP de Silverstone de Fórmula 1

há 15 minutos atrás
Governo britânico libera público total para GP de Silverstone de Fórmula 1
Brasileiro: Bahia derrota Athletico-PR e entra no G4
BORA, BAÊA!

Brasileiro: Bahia derrota Athletico-PR e entra no G4

há 18 minutos atrás
Brasileiro: Bahia derrota Athletico-PR e entra no G4
Homem acusado de corrupção é preso pela Polícia Federal dentro de avião em Santarém
FORAGIDO

Homem acusado de corrupção é preso pela Polícia Federal dentro de avião em Santarém

há 20 minutos atrás
Homem acusado de corrupção é preso pela Polícia Federal dentro de avião em Santarém
Fungo verde associado a variante do coronavírus triplica risco de morte
VARIANTE DELTA

Fungo verde associado a variante do coronavírus triplica risco de morte

há 29 minutos atrás
Fungo verde associado a variante do coronavírus triplica risco de morte
Últimas Notícias