Dólar Comercial compra R$ 3,9530 venda R$ 3,9554 máxima 3,9542
Euro compra R$ 4,4025 venda R$ 4,4071 máxima 4,4059
26 Abr - 03h15
sexta, 26 de abril de 2019

CANSEI DE SER GORDO

Eu não escrevo sobre dieta, eu falo de amor

22 Mai 2018 - 12h35Por Jorge Bentes

Essa coluna é de dieta, certo? Não! Aqui eu falo de amor. Eu falo de um amor que quem sabe, há muito tempo você não deve sentir por você. Ou quem sabe você nunca tenha sentido. Um amor puro e imenso que a gente pode dividir com quem passa pela nossa vida e ele ainda sobra.

Eu digo isso, porque quem se ama se importa com o que coloca pra dentro na forma de alimento. Quem se ama, se obriga a movimentar os músculos, articulações e toda a complexidade de um corpo que é um templo, um presente, uma dádiva divina que a gente teima em estragar, em matar homeopaticamente através de hábitos nada saudáveis. Vivemos em um mundo onde a gente se importa mais do que com o que veste e não liga para o que come. Tá errado!

Sim, viver é morrer um pouco todos os dias. Mas podemos prolongar nossa existência com doses diárias de amor em cápsulas. Ficar mais tempo aqui por amor aos nossos. 

Demorou 31 anos da minha vida para eu começar a me amar e quando esse amor chegou foi tão grande que ele se espalhou por toda a rede. Ele transbordou em mim, para atingir milhares de seguidores em todo o Brasil. Essa, meus caros, é a força do amor. Ele não tem limites porque o amor é amor. Vira amor ao próximo que se transforma em missão e se concretiza, com o tempo, como a história da sua vida. E no final dessa história, em que o autor é você, ela será triste ou feliz de acordo com as suas escolhas de hoje. Imagine que você tem na sua mão as canetas de todas as cores para colorir seu presente, florear o seu passado e projetar o seu futuro. Imaginou? Então saiba que você recebe isso todos os dias ao acordar. Por que usar só o preto e branco?

Não, eu não estou afirmando que o mundo dos magros é uma ilha de felicidade. A felicidade não está na "magreza" e não estou aqui para te ensinar o caminho dela. Tem muitos gordos saudáveis, como tem muitos magros com índice de gordura corporal nas alturas. Mas, como disse no início, aqui eu não falo de "índices" e nem de medidas porque amor não se mede, ele não cabe, a gente só sente e é lindo se amar e ser grato pelo presente da vida que se renova no abrir dos nossos olhos pela manhã.

Muitos que me lêem, acham que serão felizes magros e eu digo que isso é pouco provável. Porque emagrecer sem se aceitar é um tiro no pé. Quem não se aceita, ou seja, não se ama gordo, dificilmente vai se amar magro. Por isso, eu repito: vamos falar de amor, vamos praticar o amor e vamos, finalmente, nos amar. O resto é consequência. A balança, os músculos, a barriga chapada, a roupa que entra. Tudo é consequência de um amor que não cabe nem aqui nesse texto e nem no peito.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Eduardo Costa desabafa em foto com carro de R$ 2 milhões
TADINHO...

Eduardo Costa desabafa em foto com carro de R$ 2 milhões

26/04/2019 00:07
Eduardo Costa desabafa em foto com carro de R$ 2 milhões
POUCAS E BOAS

Brasil Novo II

26/04/2019 00:00
Brasileiros conquistam ouro no Pan-Americano de Judô
ORGULHO!

Brasileiros conquistam ouro no Pan-Americano de Judô

25/04/2019 23:25
Brasileiros conquistam ouro no Pan-Americano de Judô
POUCAS E BOAS

Brasil Novo

25/04/2019 23:00
Ex-superintendente do Ibama é preso no Amazonas
OPERAÇÃO ARQUIMEDES

Ex-superintendente do Ibama é preso no Amazonas

25/04/2019 22:42
Ex-superintendente do Ibama é preso no Amazonas
Últimas Notícias