Dólar Comercial compra R$ 5,3665 venda R$ 5,3675 máxima 5,3672
Euro compra R$ 5,9912 venda R$ 5,9928 máxima 6,0046
02 Jun - 08h14
terça, 02 de junho de 2020
XP Invest
Basa Capital de Giro taxas reduzidas mobile
ONU

Pandemia pode reverter desenvolvimento humano pela 1ª vez em 30 anos

21 Mai 2020 - 07h25Atualizado 21 Mai 2020 - 07h41
Pandemia pode reverter desenvolvimento humano pela 1ª vez em 30 anos - Crédito: Mural do artista Eduardo Kobra Crédito: Mural do artista Eduardo Kobra

Em um relatório divulgado na última quarta-feira, 20, a Organização das Nações Unidas (ONU) declarou que o surto do novo coronavírus expôs de forma explícita as desigualdades em todo o mundo, e pode reverter o desenvolvimento humano pela primeira vez desde 1990.

No relatório, a instituição acrescentou que a crise, no entanto, revelou a força da ação coletiva diante de uma ameaça comum, e exortou o mundo a mostrar a mesma força no combate à mudança climática.

"A pandemia de covid-19 está desencadeando uma crise no desenvolvimento humano", disse o Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas (Pnud) no documento

Além das mortes por covid-19, que já ultrapassam 320 mil, a crise pode ter como efeito indireto a morte de mais 6 mil crianças por dia devido a doenças evitáveis nos próximos seis meses, segundo o Pnud.

Seis de 10 crianças em todo o mundo não estão recebendo educação por causa do fechamento de escolas, e como recessões profundas estão afetando a maioria das economias, o declínio no Índice de Desenvolvimento Humano do Pnud seria equivalente à anulação de todo o progresso dos últimos seis anos.

O declínio está afetando nações ricas e pobres, mas acredita-se que será muito mais agudo em países em desenvolvimento menos habilitados a lidar com as consequências sociais e econômicas da pandemia.

"Se não incluirmos a igualdade na caixa de ferramentas políticas, muitos ficarão ainda mais para trás", alertou Pedro Conceição, diretor do escritório do Pnud que produz o Relatório de Desenvolvimento Humano anual.

"Isso é particularmente importante para as novas necessidades do século 21, como o acesso à internet, que está nos ajudando a nos beneficiarmos da teleducação, telemedicina e a trabalhar em casa", acrescentou o diretor em comunicado.

Segundo o chefe do Pnud, o teuto-brasileiro Achim Steiner, outros choques como a crise financeira de 2007-2009 ou o surto de ebola na África Ocidental em 2014-2016, abalaram, mas não impediram, avanços no desenvolvimento ano a ano de forma geral. "A covid-19 pode mudar essa tendência com seu golpe triplo na saúde, educação e renda", afirmou.

Fonte: Agência Brasil

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Estados anunciam flexibilização em época de alta circulação de vírus respiratórios
FIM DO LOCKDOWN

Estados anunciam flexibilização em época de alta circulação de vírus respiratórios

há 29 minutos atrás
Estados anunciam flexibilização em época de alta circulação de vírus respiratórios
Em 16 dias, mortes por covid-19 dobram chegando a 30 mil no Brasil
EFEITO PANDEMIA

Em 16 dias, mortes por covid-19 dobram chegando a 30 mil no Brasil

há 47 minutos atrás
Em 16 dias, mortes por covid-19 dobram chegando a 30 mil no Brasil
China registra cinco casos de covid-19 nas últimas 24 horas
INFECTADOS

China registra cinco casos de covid-19 nas últimas 24 horas

há 57 minutos atrás
China registra cinco casos de covid-19 nas últimas 24 horas
Brasil tem 12.247 novos casos de covid-19 e 623 mortes confirmadas em 24 horas
CORONAVÍRUS

Brasil tem 12.247 novos casos de covid-19 e 623 mortes confirmadas em 24 horas

01/06/2020 21:44
Brasil tem 12.247 novos casos de covid-19 e 623 mortes confirmadas em 24 horas
OMS diz que América do Sul ainda não atingiu pico da epidemia
CORONAVÍRUS

OMS diz que América do Sul ainda não atingiu pico da epidemia

01/06/2020 18:43
OMS diz que América do Sul ainda não atingiu pico da epidemia
Últimas Notícias