Dólar Comercial compra R$ 3,7487 venda R$ 3,7504 máxima 3,7487
Euro compra R$ 4,2806 venda R$ 4,283 máxima 4,2852
19 Nov - 08h27
segunda, 19 de novembro de 2018
ELEIÇÕES 2018

Lewandowski paralisa julgamento em que Lula tinha recurso negado por 7 a 1

14 Set 2018 - 18h13
Lewandowski paralisa julgamento em que Lula tinha recurso negado por 7 a 1 - Crédito: Leonardo Benassatto/Reuters Crédito: Leonardo Benassatto/Reuters

O ministro Ricardo Lewandowski paralisou o julgamento em que Lula tinha recurso negado por 7 a 1 no plenário virtual do Supremo Tribunal Federal. O caso sairá do plenário virtual, após pedido de “vista” do ministro, e será julgado presencialmente no plenário físico.

O prazo para o julgamento no plenário virtual terminaria hoje às 23h59, mas foi paralisado com o pedido de “vista”, que significa mais tempo para estudar o caso.

Com esta mudança, todos os ministros deverão votar novamente, podendo manter ou modificar o voto.

A maioria do Supremo Tribunal Federal estava votando via plenário virtual o recurso do ex-presidente Lula  contra a prisão após condenação em segunda instância. A votação começou na última sexta-feira, 7, e terminaria hoje às 23h59.

O ministro Edson Fachin foi o primeiro a votar, de acordo com as regras do plenário virtual. Depois dele, votam os outros ministros da Corte. Qualquer ministro pode pedir “destaque” para levar o tema à discussão presencial.

Apenas o ministro Marco Aurélio Mello votou a favor do recurso. Os ministros que votaram contra foram: Edson Fachin, Cármen Lúcia, Alexandre de Moraes, Dias Toffoli, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber e Gilmar Mendes.

Com informações de Globo.com

Deixe seu Comentário