Dólar Comercial compra R$ 3,9530 venda R$ 3,9554 máxima 3,9542
Euro compra R$ 4,4021 venda R$ 4,4051 máxima 4,4059
26 Abr - 03h02
sexta, 26 de abril de 2019
ELEIÇÕES 2018

Marina diz que Bolsonaro se "descontruiu" sobre liberação de armas após facada

A candidata da Rede ainda comentou as recentes pesquisas

14 Set 2018 - 09h43Por Da Redação
Marina diz que Bolsonaro se "descontruiu" sobre liberação de armas após facada - Crédito: Reprodução/ Internet Crédito: Reprodução/ Internet

Marina Silva, candidata da Rede para a presidência, disse na quinta-feira (13), que o concorrente Jair Bolsonaro (PSL), após ter levado facada, teve sua proposta de flexibilização do acesso as armas "descontruída".  

"O candidato Bolsonaro teve a sua proposta desconstruída por aquilo que ele mesmo pregava, que é a distribuição de armas. Imagine se aquele homem (Adélio) tivesse uma arma na mão... teria, além de tirado a vida dele (Bolsonaro), talvez, a de muitas outras pessoas que estavam ali", afirmou Marina Silva, uma semana depois do ocorrido.

A presidenciável ainda disse que o problema da violência não se resolve "distribuindo armas", mas, sim, "com o estado dando segurança para as famílias, pessoas, para as empresas, para todos".

 
"É por isso que elegemos governadores, presidente da República, prefeitos. Não é para que as pessoas se defendam com as próprias mãos", acrescentou Marina.
 
 
Marina ainda comentou as recentes pesquisas de intenções de votos. Ela aparece em segundo, em empate técnico com Ciro Gomes (PDT), Geraldo Alckmin (PSDB) e Fernando Haddad (PT), enquanto Bolsonaro está isolado na liderança.
 

"Eu sei que há pressa de alguns para dizer que o projeto que não é da velha política do PT, do MDB, dos grupos contrários à Lava Jato, eles estão muito apressados para dizer que os brasileiros não viabilizarão uma proposta altiva, alternativa à corrupção, à incompetência que levou o Brasil ao buraco. Mas desde 2010 esse projeto vem crescendo e eu e Eduardo Jorge estamos disputando palmo a palmo", concluiu.

 

 

Com informações de G1 Globo.

Deixe seu Comentário