Euro compra R$ 4,2832 venda R$ 4,2859 máxima 4,2928
Dólar Comercial compra R$ 3,776 venda R$ 3,778 máxima 3,7781
24 Jan - 08h46
quinta, 24 de janeiro de 2019
belem_403
mobile_belem_403
NOVOS TEMPOS NA F1

Diretor garante reformulação da McLaren a partir de 2019

Equipe terá o brasileiro Sérgio Sette Câmara como piloto de testes

09 Nov 2018 - 08h09Por Da Redação
Diretor garante reformulação da McLaren a partir de 2019 - Crédito: Reprodução / Twitter Crédito: Reprodução / Twitter

Diretor esportivo da McLaren, o franco-brasileiro Gil de Ferran, terá uma responsabilidade enorme a partir do ano que vem: fazer a equipe voltar ao alto escalão da Fórmula 1. Após temporadas frustrantes desde que firmou parceria com a Honda, os britânicos seguem sem sucesso agora com motores Renault, fato que pressiona o dirigente por bons resultados o quanto antes.

Como se não bastasse a falta de competitividade do carro, em 2019 a McLaren não contará com seu principal pilar, o espanhol Fernando Alonso, que decidiu se aposentar da Fórmula 1 e alçar novos voos no cenário do automobilismo mundial.

“Estamos reformulando a equipe, melhorando a organização, a comunicação. Uma coisa que posso dizer é que existem muitos talentos dentro da McLaren, a questão é como fazer esse pessoal trabalhar melhor junto. É uma coisa que estou me concentrando muito, mas diria que todos da equipe enxergam isso da mesma maneira. Não dá para especular em relação ao ano que vem. A única coisa que posso dizer é que estamos muito focados, a equipe está super energizada”, afirmou Gil de Ferran.

Ex-piloto de Fórmula Indy, o diretor esportivo da McLaren sabe bem a importância de os pilotos de uma equipe tradicional garantirem bons resultados. A questão, no entanto, não é nada simples. Em 2018, por exemplo, o melhor resultado da equipe aconteceu na Austrália, no primeiro GP do ano, em que Fernando Alonso terminou na quinta colocação. A ilusão durou pouco e faltando duas etapas para o fim do campeonato, os britânicos aparecem apenas na sexta colocação no Mundial de construtores.

“O bom da corrida é que a meta é simples: chegar na primeira colocação. A questão é como você chega lá. De acordo com a minha experiência, você chega lá se preocupando com as coisas que você consegue influencias no dia a dia. Ao mesmo tempo que a gente olha para frente querendo voltar a ser uma equipe que disputa corridas, campeonatos, como fazer isso está em se concentrar no dia a dia e tentar uma decisão boa hoje, outra amanhã e trabalhar bem na reunião”, completou Gil de Ferran.

Com informações do Gazetaesportiva.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Após vitória, presidente do Paysandu anuncia desconto no preço dos ingressos
POR CASA CHEIA

Após vitória, presidente do Paysandu anuncia desconto no preço dos ingressos

há 11 minutos atrás
Após vitória, presidente do Paysandu anuncia desconto no preço dos ingressos
Nadal massacra jovem grego algoz de Federer e atinge 25ª final de Grand Slam no Aberto da Austrália
DE VOLTA À FINAL

Nadal massacra jovem grego algoz de Federer e atinge 25ª final de Grand Slam no Aberto da Austrália

há 14 minutos atrás
Nadal massacra jovem grego algoz de Federer e atinge 25ª final de Grand Slam no Aberto da Austrália
Sorteio define rivais da Seleção e grupos da Copa América
TUDO PRONTO

Sorteio define rivais da Seleção e grupos da Copa América

há 26 minutos atrás
Sorteio define rivais da Seleção e grupos da Copa América
Brasil volta a jogar mal, perde do Chile e decide vaga na última rodada
SUB-20

Brasil volta a jogar mal, perde do Chile e decide vaga na última rodada

24/01/2019 06:41
Brasil volta a jogar mal, perde do Chile e decide vaga na última rodada
Programa Nação Azul apresenta saldo positivo após reorganização
UM NOVO REMO

Programa Nação Azul apresenta saldo positivo após reorganização

24/01/2019 05:00
Programa Nação Azul apresenta saldo positivo após reorganização
Últimas Notícias