Dólar Americano/Real Brasileiro compra R$ 5,4343 venda R$ 5,4348 máxima 5,4425
Euro/Real Brasileiro compra R$ 6,3483 venda R$ 6,3511 máxima 6,3587
28 Set - 14h00
terça, 28 de setembro de 2021
LIDER - MELHOR OFERTAS DESK - 02, 11, 20 E 28/09
LIDER - MELHOR OFERTAS MOB - 02, 11, 20 E 28/09
ECONOMIA

Alta da inflação provoca redução de R$ 62 no poder de compra do salário mínimo em 2021

15 Set 2021 - 08h41Atualizado 15 Set 2021 - 08h58
Alta da inflação provoca redução de R$ 62 no poder de compra do salário mínimo em 2021 - Crédito: Arquivo/Banco Central Crédito: Arquivo/Banco Central

Em 2021, o salário mínimo, no valor atual de R$ 1.100 está perdendo poder de compra de forma acelerada durante o ano e isso se deve ao avanço da inflação, que provoca o aumento cada vez mais frequente nos preços dos itens do dia a dia. Desde janeiro, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), o indicador oficial de inflação da baixa renda, já subiu 5,9%, considerada uma das maiores altas para o período em duas décadas.

Ao considerar o período de oito meses de 2021, a inflação já cresce mais do que em outros anos inteiros. Em comparação com 2020, o INPC foi de 5,5% e, em 2019, 4,5%. De acordo com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), esses frequentes aumentos provocam a desvalorização do salário mínimo. Logo, ao considerar o salário mínimo atual, de 

Com isso, o salário mínimo, que foi reajustado pela última vez em janeiro, já perdeu R$ 62 de seu poder de compra, logo, ao ser descontada a inflação, os R$ 1.100 se reduzem ao valor de R$ 1.038. Para entender o problema é necessário considerar que, no geral, o piso nacional sempre chega ao fim do ano capaz de comprar um pouco menos do que comprava no início.

No entanto, como em 2021 muitos itens começaram a ficar caros demais cada vez mais rápido, o desconto prático nos salários ficou mais rápido e intenso. O economista do Dieese, Ilmar Silva, pontua que “A velocidade com que o salário mínimo vem perdendo poder de compra ficou muito rápida” e avalia que “Para uma pessoa que vive com uma renda de R$ 1.100, qualquer R$ 62 faz diferença, sim.” diz.

Silva também destaca, ainda, que o aumento é muito mais cruel para a população mais pobre, que possui uma parte muito maior do salário comprometida com itens básicos da casa, que atualmente registram os maiores aumentos: “A alta mais considerável aconteceu no grupo de alimentação, que é o que vai trazer a maior preocupação para as famílias de renda mais baixa. Cerca de 25% do orçamento deles é com alimentação”, disse.

Em 2021, considerado o acumulado entre janeiro e agosto, os preços dos alimentos nos supermercados subiram 4,7%, de acordo com o INPC. Este ano os vilões são as carnes (+8,4%), o frango (+11%), a margarina (+15%) e o café (+17%), mas também a conta de luz subiu mais de 10% só neste ano, assim como o gás encanado já ficou 14% mais caro desde janeiro e, o botijão, 23%.

Também estão na lista a gasolina, que já subiu 30% e, o etanol, 40%. “Os combustíveis afetam menos a baixa renda, que não tem carro, mas acabam influenciando no preço dos alimentos e de uma série de outras coisas [pelo transporte]”, explica Silva.

Com informações da CNN Brasil

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 98547-6589ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Decreto regulamenta aquisição de itens de luxo pela administração
MUDANÇAS

Decreto regulamenta aquisição de itens de luxo pela administração

há 13 segundos atrás
Decreto regulamenta aquisição de itens de luxo pela administração
Após pesquisa, Moro se anima e diz: 'Vou ser presidente'
EM NEGOCIAÇÃO

Após pesquisa, Moro se anima e diz: 'Vou ser presidente'

há 3 minutos atrás
Após pesquisa, Moro se anima e diz: 'Vou ser presidente'
Tomar remédio vencido faz mal à saúde ou só perde o efeito; entenda
CURIOSIDADE

Tomar remédio vencido faz mal à saúde ou só perde o efeito; entenda

há 18 minutos atrás
Tomar remédio vencido faz mal à saúde ou só perde o efeito; entenda
Petrobras aumenta em R$ 0,25 preço do litro do diesel a partir desta quarta-feira
DE NOVO

Petrobras aumenta em R$ 0,25 preço do litro do diesel a partir desta quarta-feira

há 20 minutos atrás
Petrobras aumenta em R$ 0,25 preço do litro do diesel a partir desta quarta-feira
Presidente da Coreia do Sul quer banir consumo de carne de cachorro no país
TRADIÇÃO

Presidente da Coreia do Sul quer banir consumo de carne de cachorro no país

há 33 minutos atrás
Presidente da Coreia do Sul quer banir consumo de carne de cachorro no país
Últimas Notícias