Dólar Americano/Real Brasileiro compra R$ 5,3915 venda R$ 5,3925 máxima 5,392
Euro/Real Brasileiro compra R$ 6,2973 venda R$ 6,3006 máxima 6,3106
28 Set - 08h29
terça, 28 de setembro de 2021
LIDER - MELHOR OFERTAS DESK - 02, 11, 20 E 28/09
LIDER - MELHOR OFERTAS MOB - 02, 11, 20 E 28/09
SAÚDE

Anvisa recebe solicitação de uso de medicamento contra covid-19 da Pfizer

28 Jul 2021 - 21h00Atualizado 28 Jul 2021 - 21h01
Anvisa recebe solicitação de uso de medicamento contra covid-19 da Pfizer - Crédito: Reprodução/Anvisa Crédito: Reprodução/Anvisa

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recebeu hoje, 28, da farmacêutica Pfizer, a solicitação de uso emergencial do medicamento Xeljanz (citrato de tofacitinibe) para tratamento da covid-19. Esse medicamento já é usado no tratamento de artrite reumatóide, artrite psoriática e colite ulcerosa. Segundo a agência, o prazo de análise é de 30 dias.

Nas primeiras 24 horas, a equipe da Anvisa fará uma triagem do processo para verificar se os documentos necessários para avaliação estão disponíveis. Se verificarem a ausência de informações importantes, a agência reguladora poderá solicitar as informações adicionais ao laboratório.

“A análise do pedido de uso emergencial é feita por uma equipe multidisciplinar que envolve especialistas das áreas de Registro, Monitoramento e Inspeção de medicamentos. A equipe vem atuando de forma integrada em todos os processos de avaliação de medicamentos e vacinas para combate à Covid-19”, informou a Anvisa, em nota.

Proxalutamida

Além disso, o órgão também informou que foram autorizados dois estudos clínicos para realização no Brasil com a Proxalutamida (GT-0918) para tratamento da covid-19. Os estudos, patrocinados pela empresa Suzhou Kintor Pharmaceuticals, sediada na China, avaliam a eficácia do medicamento em pacientes do sexo masculino com o vírus.

Na documentação apresentada à Anvisa, foi citado um estudo conduzido no Brasil para covid-19 de iniciativa de pesquisadores independentes, cujos dados não foram disponibilizados. Também foi comunicado à Anvisa que estava em andamento um estudo em pacientes graves, mas nenhum relatório ou resultado foi apresentado. Por isso, esses estudos não foram para a anuência do órgão para a pesquisa clínica a ser realizada.

No entanto, a Anvisa considerou que “o perfil de benefício x risco se mantém favorável para continuidade dos estudos” de segurança e a eficácia da proxalutamida até que novos dados sejam apresentados.

 

Fonnte: Agência Brasil

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 98547-6589ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Explosão em prédio na Suécia faz mais de duas dezenas de feridos
ACIDENTE

Explosão em prédio na Suécia faz mais de duas dezenas de feridos

há 55 minutos atrás
Explosão em prédio na Suécia faz mais de duas dezenas de feridos
Caixa paga auxílio emergencial para nascidos em julho nesta terça-feira
BENEFÍCIO

Caixa paga auxílio emergencial para nascidos em julho nesta terça-feira

28/09/2021 07:14
Caixa paga auxílio emergencial para nascidos em julho nesta terça-feira
Dia Mundial de Luta contra a Raiva: 59 mil pessoas morrem por ano
DOENÇA INFECCIOSA

Dia Mundial de Luta contra a Raiva: 59 mil pessoas morrem por ano

28/09/2021 04:58
Dia Mundial de Luta contra a Raiva: 59 mil pessoas morrem por ano
Bolsonaro sanciona MP do Documento Eletrônico de Transporte
COM VETO

Bolsonaro sanciona MP do Documento Eletrônico de Transporte

27/09/2021 22:43
Bolsonaro sanciona MP do Documento Eletrônico de Transporte
Governo anuncia ações pelo Dia de Luta da Pessoa com Deficiência
DIREITOS HUMANOS

Governo anuncia ações pelo Dia de Luta da Pessoa com Deficiência

27/09/2021 21:32
Governo anuncia ações pelo Dia de Luta da Pessoa com Deficiência
Últimas Notícias