Dólar Comercial compra R$ 4,1472 venda R$ 4,1479 máxima 4,1830
Euro compra R$ 4,5681 venda R$ 4,5706 máxima 4,6132
21 Set - 10h16
sábado, 21 de setembro de 2019
sebrae
sebrae_mobile
PROJETO DE LEI

Comissão do Senado aprova reforma na lei de telecomunicações

11 Set 2019 - 18h30Atualizado 11 Set 2019 - 18h46
Comissão do Senado aprova reforma na lei de telecomunicações -

A Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática do Senado (CCT) aprovou nesta quarta-feira, 11, o Projeto de Lei da Câmara nº 79, de 2016, que promove uma reforma na legislação de telecomunicações do país.

A matéria agora deve seguir para plenário, embora haja ainda disputas se ela pode ser apreciada por outras comissões.

A relatora, senadora Daniella Ribeiro (PP/PB), rejeitou emendas apresentadas por outros parlamentares e manteve a redação conforme aprovada na Câmara. Havia ainda polêmica acerca de um problema de redação, que seria esclarecido com a incorporação de emenda.

Daniella considerou que o projeto “é de extrema importância ao país” e terá “impactos positivos”.

O senador Rodrigo Cunha (PSDB-AL) apoiou a proposta. “São vários municípios em que não temos internet chegando com velocidade ou até mesmo chegando. E estamos no momento em que podemos virar a página”, afirmou. Ele questionou se há garantias de mitigação das desigualdades regionais no direcionamento dos investimentos previstos às empresas como contrapartida pelas redes públicas de telecomunicações que receberão.

A senadora informou que o projeto não prevê garantia neste sentido e acrescentou que cabe às autoridades fazer a fiscalização sobre a aplicação dos recursos. O senador Paulo Rocha (PT-PA) acrescentou, dizendo que, em aprovado o PLC, sem uma atuação do Estado não haverá melhoria das regiões menos populosas. “Tem que ter política de governo para que investimento das empresas chegue nesses locais para que universalize o acesso”, destacou.

O PLC 79/2016 traz diversas mudanças na Lei Geral de Telecomunicações (LGT). Hoje, a legislação prevê que serviços considerados essenciais devem estar submetidos a determinadas obrigações, como universalização, continuidade e preços acessíveis. A essas exigências dá-se o nome de regime público, sistema que foi aplicado somente à telefonia fixa.

Fonte: Notícias Minuto.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

EUA vão enviar tropas à Arábia Saudita após ataques a refinarias
REFORÇO

EUA vão enviar tropas à Arábia Saudita após ataques a refinarias

há 16 minutos atrás
EUA vão enviar tropas à Arábia Saudita após ataques a refinarias
Youtuber indeniza família de menina que morreu ao imitar vídeo viral
INFLUENCER

Youtuber indeniza família de menina que morreu ao imitar vídeo viral

há 46 minutos atrás
Youtuber indeniza família de menina que morreu ao imitar vídeo viral
Polícia faz reconstituição da morte de pastor Anderson, marido de Flordelis
INVESTIGAÇÃO

Polícia faz reconstituição da morte de pastor Anderson, marido de Flordelis

21/09/2019 09:00
Polícia faz reconstituição da morte de pastor Anderson, marido de Flordelis
Sérgio Cabral negocia delação premiada
NEGOCIAÇÃO

Sérgio Cabral negocia delação premiada

21/09/2019 08:40
Sérgio Cabral negocia delação premiada
Menina de 8 anos morre baleada no Complexo do Alemão
VIOLÊNCIA NO RIO

Menina de 8 anos morre baleada no Complexo do Alemão

21/09/2019 08:20
Menina de 8 anos morre baleada no Complexo do Alemão
Últimas Notícias