Dólar Comercial compra R$ 4,1856 venda R$ 4,1863 máxima 4,2234
Euro compra R$ 4,6473 venda R$ 4,6485 máxima 4,6867
05 Dez - 19h03
quinta, 05 de dezembro de 2019
Unique
Unique_mobile
SEGUNDO O IBGE

Desemprego diminui em 10 estados e DF no segundo trimestre de 2019

15 Ago 2019 - 09h55Atualizado 15 Ago 2019 - 10h15Por Da Redação
Desemprego diminui em 10 estados e DF no segundo trimestre de 2019 - Crédito: Arquivo / Agência Brasil Crédito: Arquivo / Agência Brasil

A taxa de desocupação recuou no País no segundo trimestre de 2019 para 12%, 0,7 pontos percentuais a menos que os primeiros três meses do ano, divulgou hoje, 15, a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua Trimestral (PNAD Contínua) do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).  Com relação ao mesmo período do anos passado, a diminuição foi de 0,4 pontos percentuais.

Ainda segundo o IBGE, 10 estados tiveram recuo no registro, sendo que as maiores taxas foram observadas na Bahia (17,3%), Amapá (16,9%) e Pernambuco (16%). Os estados com os menores números foram Santa Catarina (6%), Rondônia (6,7%) e Rio Grande do Sul (8,2%). Um quarto dos desempregados do Brasil, ou 26,2%, o equivalente a 3,347 milhões de pessoas, estão em busca de emprego há pelo menos dois anos.

O registro é o maior para um trimestre desde 2012. Para efeito de comparação, em um ano, 196 mil novas pessoas estão em busca de trabalho há dois anos ou mais. Em 2015, esse total era de 1,435 milhões de pessoas.  “A proporção de pessoas à procura de trabalho em períodos mais curtos está diminuindo, mas têm crescido nos mais longos. Parte delas pode ter conseguido emprego, mas outra aumentou seu tempo de procura”, disse a a analista da pesquisa, Adriana Beringuy.

A maior parte, 45,6%, dos desocupados estavam de um mês a menos de um ano em busca de trabalho; 14,2%, de um ano a menos de dois anos e 14,0%, há menos de um mês. O percentual de pessoas desocupadas, subocupadas por insuficiência de horas trabalhadas e na força de trabalho potencial em relação a força de trabalho ampliada, chamada taxa composta de subutilização da força de trabalho, foi de 24,8%.

No primeiro trimestre desse ano, a taxa de desocupação havia sido de 12,7%, com 14 das 27 unidades da federação crescendo em relação ao trimestre anterior. Nos últimos três meses do ano passado, o número registrado no Brasil foi de 11,6%.

Com informações da Folha de São Paulo.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Registro de novo partido de Bolsonaro é oficializado em Brasília
ALIANÇA PELO BRASIL

Registro de novo partido de Bolsonaro é oficializado em Brasília

há 35 minutos atrás
Registro de novo partido de Bolsonaro é oficializado em Brasília
Deputado repete crime do pai e participa de fraude na Assembleia de Rondônia
DE FAMÍLIA

Deputado repete crime do pai e participa de fraude na Assembleia de Rondônia

05/12/2019 17:46
Deputado repete crime do pai e participa de fraude na Assembleia de Rondônia
Após repercussão de mortes, Doria pede revisão de protocolos da PM
PARAISÓPOLES

Após repercussão de mortes, Doria pede revisão de protocolos da PM

05/12/2019 17:41
Após repercussão de mortes, Doria pede revisão de protocolos da PM
Eduardo Bolsonaro não é mais presidente do PSL em SP
MUDANÇA

Eduardo Bolsonaro não é mais presidente do PSL em SP

05/12/2019 17:27
Eduardo Bolsonaro não é mais presidente do PSL em SP
Consulta aos locais de reaplicação do Enem já está disponível
SEGUNDA CHAMADA

Consulta aos locais de reaplicação do Enem já está disponível

05/12/2019 17:13
Consulta aos locais de reaplicação do Enem já está disponível
Últimas Notícias