Dólar Americano/Real Brasileiro compra R$ 5,461 venda R$ 5,462 máxima 5,5139
Euro/Real Brasileiro compra R$ 6,3352 venda R$ 6,3385 máxima 6,4074
16 Out - 21h47
sábado, 16 de outubro de 2021
LIDER - MELHOR ELET SECADOR - DESK - 07, 16 E 25/10 - 03/11
LIDER - MELHOR ELET SECADOR - DESK - 07, 16 E 25/10 - 03/11
ATAQUES

Foragido há um mês, Zé Trovão mantém posicionamento e destaca: 'não retiro o que disse'

12 Out 2021 - 10h09Atualizado 12 Out 2021 - 11h28
Foragido há um mês, Zé Trovão mantém posicionamento e destaca: 'não retiro o que disse' - Crédito: Reprodução/Redes Sociais Crédito: Reprodução/Redes Sociais

Há um mês no México, o caminhoneiro foragido Zé Trovão, cujo nome é Marcos Gomes, afirmou em entrevista ao colunista Guilherme Amado que não aceita ser preso no Brasil e disse também que não recuará dos ataques que fez ao STF e ao Senado. Atualmente, ele mora na casa de um amigo e espera dirigir um caminhão na Cidade do México.

Ao ser questionado se não pretende mais voltar ao Brasil, Trovão disse: "Se me falarem: ‘Você só volta para o Brasil se fizer uma carta pedindo perdão para o ministro Moraes’, então vou passar o resto da minha vida fora do Brasil. Eu posso pagar um alto preço, mas não retiro o que disse. Voltar ao Brasil para ser preso está fora de cogitação”.

Quando Guilherme questionou qual seria a ocasião ideal para voltar ao Brasil, o caminhoneiro explica: "Pretendo voltar quando a situação da minha prisão for resolvida. Meus advogados já fizeram mais de dez pedidos, mas o ministro Alexandre de Moraes negou. Eles pediram que eu pudesse retornar ao Brasil sem ser preso. Voltar ao Brasil para ser preso está fora de cogitação. Não sou criminoso. O dia em que eu desistir de lutar, prefiro ir embora do Brasil definitivamente com minha família. Pedi asilo político aqui no México e ainda espero uma resposta. Fiz uma entrevista no consulado na semana passada. Talvez eu consiga uma autorização para trabalhar. Aí eu posso dirigir caminhão no México, que é o que eu sei fazer" diz.

Em relação ao sustento diário, Zé do trovão dá mais detalhes sobre a vida no México "Eu poderia estar trabalhando ilegalmente, mas não estou. A coisa fica um pouco complicada porque você fica sem recursos próprios. No Brasil, eu tenho quatro crianças e uma mulher. Tudo isso é muito difícil, mas estou sobrevivendo. No Brasil, quando eu trabalhava atrás do volante, eu mal conseguia me sustentar. E agora estou numa situação pior. Graças ao bom Deus, estou acolhido na casa de um amigo brasileiro que tem cidadania mexicana. Então, não estou pagando hospedagem" revela.

Com informações do Metrópoles

 

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 98547-6589ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Pesquisadores desenvolvem teste de covid-19 pela saliva e usando luz
TECNOLOGIA

Pesquisadores desenvolvem teste de covid-19 pela saliva e usando luz

há 19 minutos atrás
Pesquisadores desenvolvem teste de covid-19 pela saliva e usando luz
Ministro da Saúde afirma que população estará imunizada contra covid até o fim do ano
PRAZO

Ministro da Saúde afirma que população estará imunizada contra covid até o fim do ano

16/10/2021 20:00
Ministro da Saúde afirma que população estará imunizada contra covid até o fim do ano
'Bandido é elogio para ele', declara Bolsonaro sobre Renan Calheiros
CPI DA COVID

'Bandido é elogio para ele', declara Bolsonaro sobre Renan Calheiros

16/10/2021 19:22
'Bandido é elogio para ele', declara Bolsonaro sobre Renan Calheiros
Nasa lança sonda para estudar asteróides "troianos" em Júpiter
INTERNACIONAL

Nasa lança sonda para estudar asteróides "troianos" em Júpiter

16/10/2021 18:33
Nasa lança sonda para estudar asteróides "troianos" em Júpiter
Empresas brasileiras do setor de beleza esperam lucros de US$ 30 milhões no mercado árabe
OPORTUNIDADES

Empresas brasileiras do setor de beleza esperam lucros de US$ 30 milhões no mercado árabe

16/10/2021 17:50
Empresas brasileiras do setor de beleza esperam lucros de US$ 30 milhões no mercado árabe
Últimas Notícias