Dólar Comercial compra R$ 5,3895 venda R$ 5,3901 máxima 5,3914
Euro compra R$ 6,3909 venda R$ 6,3932 máxima 6,3933
20 Set - 23h10
domingo, 20 de setembro de 2020
LIDER - TECN - 19 E 20.9 - DESK
LIDER MAG TECN - MOB - 19 E 20.9
PÂNICO

Indiano se enforca após suspeita de coronavírus

13 Fev 2020 - 14h10Atualizado 13 Fev 2020 - 14h45
Indiano se enforca após suspeita de coronavírus -

Para não contaminar a família com o novo coronavírus, um homem de 50 anos cometeu suicídio na Índia na última segunda-feira, 10. Embora Bala Krishna não tenha sido diagnosticado com a doença, ele manteve a família distante até decidir se enforcar em uma árvore no distrito de Chittoor.

Bala Krishna adoeceu há alguns dias e visitou o hospital geral do governo para consulta médica no último dia 5, contou o filho mais velho do homem, K Bala Murali.

O médico descartou o coronavírus, mas disse que ele sofria de infecção viral, lhe receitou um remédio e o aconselhou a usar máscara cirúrgica para evitar que o vírus se espalhasse.

Quando voltou para casa, Bala Krishna disse à família que havia contraído o Covid-19 (doença causada pelo novo coronavírus) e pediu para que ninguém se aproximasse.

Quando os familiares tentaram dizer que dificilmente ele estava infectado pelo novo coronavírus, Bala Krishna os afastou atirando pedras.

"Meu pai ficou o dia inteiro assistindo a vídeos relacionados ao coronavírus, continuou dizendo que tinha sintomas semelhantes e que estava infectado", contou Murlai. "Ele disse que temia que o vírus mortal pudesse se espalhar para eles e para outras pessoas. Quando um de nós tentou se aproximar, ele atirou pedras."

Quando todos já dormiam, durante a madrugada de segunda, Bala Krishna fugiu de casa. Por volta das 3h, a família percebeu que ele havia desaparecido e que a casa estava trancada pelo lado de fora.

A mulher de Bala Krishna, Lakshmi Devi, 45, ligou para os vizinhos, que correram até lá para abrir a porta e iniciar as buscas. Pouco tempo depois, encontram o homem pendurado em uma árvore perto do cemitério em que sua mãe foi enterrada, nos arredores da vila.

Antes do desfecho trágico, Murali diz que contatou o governo local para pedir assistência ao pai, mas ninguém apareceu.

"Se alguém por trás dos números gratuitos tivesse respondido a tempo, meu pai estaria vivo hoje. Nosso único apelo ao governo é que conscientize as pessoas sobre o coronavírus para que ninguém mais morra por ignorância, como aconteceu a meu pai", disse.

Bala Kirshna deixa a mulher, os filhos K Bala Murali, 22, e K Nagamani, 19, e a filha K Shilpa, 15.

 

Fonte: Uol

 

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

TJ-RJ decide que Cristiane Brasil continuará presa
JUSTIÇA

TJ-RJ decide que Cristiane Brasil continuará presa

há 49 minutos atrás
TJ-RJ decide que Cristiane Brasil continuará presa
Livraria Saraiva decide fechar todas as suas lojas em Salvador
BAHIA

Livraria Saraiva decide fechar todas as suas lojas em Salvador

20/09/2020 21:00
Livraria Saraiva decide fechar todas as suas lojas em Salvador
Juiz da Lava-Jato determina bloqueio de R$ 237 milhões de advogado de Lula
JUSTIÇA

Juiz da Lava-Jato determina bloqueio de R$ 237 milhões de advogado de Lula

20/09/2020 19:20
Juiz da Lava-Jato determina bloqueio de R$ 237 milhões de advogado de Lula
Protestos contra monarquia ganham força na Tailândia
MANIFESTAÇÃO

Protestos contra monarquia ganham força na Tailândia

20/09/2020 17:20
Protestos contra monarquia ganham força na Tailândia
Metade das operadoras de turismo vende viagens para novembro e dezembro
DADOS DIVULGADOS

Metade das operadoras de turismo vende viagens para novembro e dezembro

20/09/2020 16:50
Metade das operadoras de turismo vende viagens para novembro e dezembro
Últimas Notícias