Dólar Comercial compra R$ 5,5619 venda R$ 5,5625 máxima 5,6264
Euro compra R$ 6,5806 venda R$ 6,582 máxima 6,6425
20 Out - 14h11
terça, 20 de outubro de 2020
CESUPA - FORA DA CURVA - DESK - 08 A 22.09
LIDER - A CASA É SUA 7 - MOB
EM USINA NUCLEAR

Japão vê dificuldades para descartar resíduos de água radioativa de Fukushima

18 Out 2020 - 12h00Atualizado 18 Out 2020 - 11h57Por redação
Japão vê dificuldades para descartar resíduos de água radioativa de Fukushima - Crédito: Reprodução/Kiodo/Agência Brasil Crédito: Reprodução/Kiodo/Agência Brasil

O Ministério da Economia, Comércio e Indústria do Japão declarou que há dificuldades técnicas em três opções propostas para descartar resíduos de água radioativa tratada e armazenada na usina de energia nuclear danificada Fukushima 1, localizada no Nordeste do país.

Os resíduos contêm água que havia sido usada para resfriar o combustível nuclear derretido após fusões de reator em março de 2011, assim como contém água de chuva que escorreu para o solo sob os reatores. Posteriormente, a água passa por tratamento para remover a maior parte das substâncias radioativas, mas alguns elementos, como o trítio, permanecem. O volume de água armazenada vem aumentando.

O ministério realizou audiências com moradores locais e organizações, para ouvir opiniões do público durante os últimos meses.

As três propostas sugeridas incluem a solidificação da água tratada por meio de uma mistura com argamassa. Contudo, autoridades do ministério afirmam que isso aumentaria o volume total, o que tornaria difícil conseguir um local para armazenamento.

Outra opção é o uso de embarcações para transportar a água para ilhas remotas. Entretanto, segundo as autoridades, levaria tempo para preparar instalações grandes o suficiente para essa alternativa.

A terceira ideia é usar reservatórios ou canais de drenagem para transferir a água para armazenamento e descarte. Contudo, as autoridades dizem que há problemas de regulamentação para essa opção.

O ministério também declarou que uma opção realista seria o descarte da água no mar, após passar por diluição até um nível que cumpra requisitos ambientais e outras normas. Essa é a mesma avaliação feita por um subcomitê governamental em fevereiro.

Na última semana, o Ministério da Economia japonês informou as autoridades locais sobre como planeja combater rumores prejudiciais caso a água seja lançada ao mar. A expectativa é de que o órgão prepare alternativas para a possibilidade de descarte da água residual no mar.

*Fonte: Agência Brasil

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 98469-4559ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

França fecha mesquita em Paris após decapitação de professor
RETALIAÇÃO A MUÇULMANOS

França fecha mesquita em Paris após decapitação de professor

há 35 minutos atrás
França fecha mesquita em Paris após decapitação de professor
Doria tem R$ 29 milhões em bens bloqueados por suspeita de improbidade na Prefeitura de São Paulo
AÇÃO DE 2018

Doria tem R$ 29 milhões em bens bloqueados por suspeita de improbidade na Prefeitura de São Paulo

há 41 minutos atrás
Doria tem R$ 29 milhões em bens bloqueados por suspeita de improbidade na Prefeitura de São Paulo
Suplente de Flordelis é alvo de mandados por suspeita de ‘rachadinhas’ na Assembleia Legislativa do RJ
PEDRO AUGUSTO

Suplente de Flordelis é alvo de mandados por suspeita de ‘rachadinhas’ na Assembleia Legislativa do RJ

20/10/2020 13:00
Suplente de Flordelis é alvo de mandados por suspeita de ‘rachadinhas’ na Assembleia Legislativa do RJ
Ministério estuda aumentar número de parcelas do seguro desemprego para demitidos na pandemia
ECONOMIA

Ministério estuda aumentar número de parcelas do seguro desemprego para demitidos na pandemia

20/10/2020 12:40
Ministério estuda aumentar número de parcelas do seguro desemprego para demitidos na pandemia
Madri cogita toque de recolher contra segunda onda do novo coronavírus
INTERNACIONAL

Madri cogita toque de recolher contra segunda onda do novo coronavírus

20/10/2020 12:29
Madri cogita toque de recolher contra segunda onda do novo coronavírus
Últimas Notícias