Dólar Americano/Real Brasileiro compra R$ 5,2329 venda R$ 5,235 máxima 5,234
Euro/Real Brasileiro compra R$ 6,3622 venda R$ 6,3652 máxima 6,3734
09 Mai - 22h51
domingo, 09 de maio de 2021
ALUBAR - COND ENERGIA - DESK - 07.05 a 07.06
ALUBAR - COND ENERGIA - MOB - 07.05 a 07.06
GOVERNO FEDERAL

Marcos Pontes quer incentivar setor privado a investir em ciência

Pontes citou o exemplo da Coréia, onde 22% do investimento em ciência e tecnologia vem do investimento público e 78% do privado

04 Mai 2021 - 07h52Atualizado 04 Mai 2021 - 07h53Por Da Redação
Marcos Pontes quer incentivar setor privado a investir em ciência - Crédito: Agência Brasil Crédito: Agência Brasil

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marcos Pontes, quer incentivar o setor privado a investir em ciência e tecnologia. Embora a proposta venha em um momento de corte no orçamento na pasta, ela não foi criada agora e existe até uma secretaria para criar uma “cultura da formalização de projetos de forma que eles se tornassem atrativos para o investimento externo”. Pontes participou ontem, 3, do programa Sem Censura da TV Brasil e falou também sobre pandemia, a vacina  contra covid-19 Versamuni com tecnologia nacional, como incentivar a participação do jovem na ciência, Base de Alcântara, corte no orçamento da pasta, entre outro temas.

Pontes citou o exemplo da Coréia, onde 22% do investimento em ciência e tecnologia vem do investimento público e 78% do privado. “Para ter atração do investimento privado, você precisa ter projetos que são atrativos e bem estruturados, por isso nós colocamos toda uma rede de escritórios e projetos nos diversos institutos de pesquisa e criamos uma série de ferramentas, como debêndures incentivadas, , uma série de possibilidades de participação do público ou de empresas para financiamento de tecnologias”, disse o ministro.

O ministério sofreu um corte em seu orçamento este ano, reduzido para R$ 2,7  bilhões, o que foi classificado por Pontes como “um estrago”. Pontes comentou o corte e os gastos da pasta, destacando a importância das bolsas do CNPq para manter a pesquisa básica do país. “Essa pesquisa básica sustenta todo o restante de como transformar, de como irrigar esses novos produtos”, disse.

Praticamente todo o ministério deve passar por cortes, segundo o ministro. “Eu consegui preservar, sem nenhum corte as unidades de pesquisa, tanto em 2019 quanto em 2020 e agora a gente vai ter que colocar corte e aí que vem o estrago. As pesquisas não são algo que você consegue ligar e desligar, você tem um orçamento e de repente você tira aquele orçamento. Você pode atrasar muitos anos naquela pesquisa. Estrago é justamente isso, para a gente não desperdiçar anos de pesquisa. Nós temos reduzido bastante na parte de administração, mas demora algum tempo para você colocar sistemas de financiamento privado para projetos das unidades de pesquisa ou para dentro das secretarias”, disse.

Vacina

Pontes também falou sobre a vacina Versamunic, que tem 100% de tecnologia nacional. Para fazer agora a fase de testes com pacientes, os testes são divididos em três fases, fase 1 e 2 é praticamente atesta a segurança da vacina, com 360 pacientes, e a fase 3 com 25 mil pacientes para checar a eficiência da vacina. 

A Fase 1 e 2 da Versamunic custou R$ 30 milhões, já estão garantidas para a primeira vacina que entrou na Anvisa, e, segundo Pontes, agora vem a luta para conseguir os R$310 milhões é para a fase 3. “Nós temos discutido com o Ministério da Economia, depende do Ministério da Economia, Está na mão da Economia agora para conseguirmos esse restante do recurso”, disse. 

Fonte: Agência Brasil

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 98469-4559ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Eduardo Cunha volta a usar redes sociais após ter prisão domiciliar revogada
VIDA VIRTUAL

Eduardo Cunha volta a usar redes sociais após ter prisão domiciliar revogada

há 8 minutos atrás
Eduardo Cunha volta a usar redes sociais após ter prisão domiciliar revogada
Média de mortes por covid recua 14,7%; Brasil registra 11 dias consecutivos de queda
REDUÇÃO

Média de mortes por covid recua 14,7%; Brasil registra 11 dias consecutivos de queda

há 30 minutos atrás
Média de mortes por covid recua 14,7%; Brasil registra 11 dias consecutivos de queda
Presidente da CPI da Covid, Aziz afirma que Queiroga será reconvocado para depor
ABAIXO DA EXPECTATIVA

Presidente da CPI da Covid, Aziz afirma que Queiroga será reconvocado para depor

09/05/2021 21:40
Presidente da CPI da Covid, Aziz afirma que Queiroga será reconvocado para depor
Boris Johnson vai suspender restrições à pandemia no Reino Unido
REABERTURA

Boris Johnson vai suspender restrições à pandemia no Reino Unido

09/05/2021 21:20
Boris Johnson vai suspender restrições à pandemia no Reino Unido
Brasil chega a 15 milhões de casos e 422 mil mortes por covid-19
BALANÇO

Brasil chega a 15 milhões de casos e 422 mil mortes por covid-19

09/05/2021 20:50
Brasil chega a 15 milhões de casos e 422 mil mortes por covid-19
Últimas Notícias