Dólar Comercial compra R$ 5,3817 venda R$ 5,3822 máxima 5,3819
Euro compra R$ 6,3316 venda R$ 6,3338 máxima 6,3373
12 Ago - 06h56
quarta, 12 de agosto de 2020
PMB ICOAR E OUT 27.7
PMB ICOAR E OUT - MOB 27.7
EDUCAÇÃO

MEC oferecerá internet para universitários de federais

Ministério prepara licitação para contratar empresa de telefonia

01 Jul 2020 - 19h25Atualizado 01 Jul 2020 - 19h29
MEC oferecerá internet para universitários de federais - Crédito: © Marcello Casal Jr/ Agência Brasil Crédito: © Marcello Casal Jr/ Agência Brasil

O Ministério da Educação (MEC) anunciou, hoje, 1º, medidas de acesso à internet para que estudantes de universidades e institutos federais possam acompanhar aulas à distância. O ministério firmou uma parceria com a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) para oferecer internet gratuita para estudantes de famílias com renda per capita de até um e meio salário mínimo. Segundo a pasta, o número de estudantes que podem ser beneficiados está entre 450 mil e 1 milhão.

A expectativa é que a licitação para contratação da empresa de telefonia que fornecerá o acesso aconteça em 15 de julho. Confirmado o prazo, o acesso poderá ficar disponível em agosto. 

“É algo que pode ser plenamente tornado disponível no início do mês de agosto. Agora, vamos depender dos resultados e das configurações que estamos preparando com as empresas de telefonia móvel”, disse o diretor-geral da RNP, Nelson Simões.

Os estudantes terão acesso gratuito aos sites indicados pelas instituições, e poderão usar o pacote pessoal de dados para chegar até esses sites e, uma vez neles, o tráfego de dados não será cobrado. Caso o estudante não tenha um plano de dados, o ministério estuda uma forma de disponibilizar um chip para acesso à internet.

Segundo o secretário-executivo da pasta, Antônio Paulo Vogel, a maior parte dos estudantes no perfil buscado pelo ministério está na Região Nordeste, sendo que 90% têm smartphones e outros aparelhos para acessar a internet. “O grande gargalo não é o equipamento, e sim o acesso à internet em si”.

Para estudantes residentes em áreas rurais ou sem sinal de internet, a saída deve ser mesmo buscar um outro local para acompanhar as aulas que forem oferecidas à distância. “As pessoas que convivem nessas áreas terão que se deslocar para um centro mais urbano, para uso de redes wi-fi”, disse Simões. Ele espera, no entanto, que as empresas de telefonia que participarem da licitação tragam soluções para esses casos.

Fonte: Agência Brasil

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Pesquisa aponta impacto da pandemia no setor do turismo e expectativa de empresários para retornar atividades
CRISE

Pesquisa aponta impacto da pandemia no setor do turismo e expectativa de empresários para retornar atividades

12/08/2020 05:00
Pesquisa aponta impacto da pandemia no setor do turismo e expectativa de empresários para retornar atividades
Câmara aprova MP amplia uso de assinatura eletrônica
POLÍTICA

Câmara aprova MP amplia uso de assinatura eletrônica

11/08/2020 23:31
Câmara aprova MP amplia uso de assinatura eletrônica
Justiça do Rio confirma proibição de escolas reabrirem
DECISÃO

Justiça do Rio confirma proibição de escolas reabrirem

11/08/2020 21:00
Justiça do Rio confirma proibição de escolas reabrirem
Diabetes gestacional aumenta o risco de desenvolver diabetes tipo 2
SAÚDE

Diabetes gestacional aumenta o risco de desenvolver diabetes tipo 2

11/08/2020 20:00
Diabetes gestacional aumenta o risco de desenvolver diabetes tipo 2
Dólar cai por primeira vez em cinco dias, mas fecha acima de R$ 5,40
EM ALTA

Dólar cai por primeira vez em cinco dias, mas fecha acima de R$ 5,40

11/08/2020 18:22
Dólar cai por primeira vez em cinco dias, mas fecha acima de R$ 5,40
Últimas Notícias