Dólar Comercial compra R$ 5,5986 venda R$ 5,5991 máxima 5,6089
Euro compra R$ 6,7625 venda R$ 6,7637 máxima 6,7755
01 Mar - 01h27
segunda, 01 de março de 2021
VALE-SUPERBANNER DESK-COMBATE CORONAVIRUS-18/02 A 04/03
VALE-SUPERBANNER REC-COMBATE CORONAVIRUS-18/02 A 04/03
FURA FILA NA IMUNIZAÇÃO

MP do Amazonas pede afastamento do prefeito e secretária de Saúde de Manaus

23 Fev 2021 - 15h17Atualizado 23 Fev 2021 - 15h28
MP do Amazonas pede afastamento do prefeito e secretária de Saúde de Manaus - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Na tarde desta segunda-feira (22), o Ministério Público do Amazonas (MP-AM) ajuizou ação de Improbidade Administrativa contra o prefeito de Manaus, Davida Almeida, a secretária municipal de Saúde, Shadia Fraxe, e mais 10 médicos suspeitos de terem participado de processo de contratação irregular e de burlar a fila de prioridades estabelecidas na campanha de vacinação contra a covid-19.

Na ação, o Ministério Público pede que a Justiça determine o afastamento cautelar do prefeito, da secretária Shadia Fraxe e de seu assessor Djalma Coelho, além de decretação de bens dos réus para pagamento da multa civil no valor de R$ 180 mil para David Almeida; R$ 135 mil reais para Shadia Fraxe; R$ 124.117,10 para Djalma Coelho; e R$ 80 mil para os demais médicos citados na ação.

As investigações começaram a partir de notícias em redes sociais e sites de notícias de que de que vários profissionais que não trabalhavam na “linha de frente do combate ao Covid-19” foram imunizados antes de intensivistas, médicos, enfermeiros, agentes de limpeza e outros profissionais que trabalham em UTIs, salas rosas e outros ambientes com contato intenso e direto com pacientes Covid-19.

O MP-AM informa que a investigação constatou que dez médicos, entre eles, irmãs gêmeas Gabrielle Kirk Maddy Lins e Isabelle Kirk Maddy Lins, foram contratadas com salários maiores do que os normais praticados para a função e, ainda, com o intuito apenas para que recebessem as doses do imunizante.

“Com base nas investigações criminais conduzidas pelo Gaeco (Grupo Especial de Atuação contra o Crime Organizado), que apontou para a existência dos crime de falsidade ideológica e peculato, a ação de improbidade administrativa demonstrou a repercussão das condutas praticadas na seara administrativa, uma vez que a contratação irregular dos médicos, sem a realização de qualquer processo seletivo, beneficiando parentes/amigos dos fundadores do Grupo Nilton Lins, através da contratação em cargo em comissão, com nítido desvio de finalidade e com remuneração superior a de outros médicos da rede municipal, causou dano ao erário, enriquecimento ilícito e violação aos princípios da administração pública”, diz trecho de matéria publicada no site do MP-AM.

Em trecho, o documento diz que “restou comprovada que a finalidade da contratação era, também, permitir a burla às filas de prioridades para a vacinação contra a Covid-19”, em momento em que a campanha de vacinação estava se iniciando e havia doses para apenas 34% dos trabalhadores e deveriam ser priorizados aqueles que trabalhassem na linha de frente ao combate à Covid-119.

Em nota, a Prefeitura de Manaus informou que “Todos as atos foram realizados de forma correta e sem ilegalidade, e que eventuais desacertos serão esclarecidos na forma da lei e com total transparência”.

 

Com informações do Amazonas Atual

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 98469-4559ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil bate novo recorde com média de 1.208 mortes por covid-19
2º DIA CONSECUTIVO

Brasil bate novo recorde com média de 1.208 mortes por covid-19

28/02/2021 21:31
Brasil bate novo recorde com média de 1.208 mortes por covid-19
Para evitar variante, Peru prorroga suspensão de voos do Brasil até 14 de março
COVID-19

Para evitar variante, Peru prorroga suspensão de voos do Brasil até 14 de março

28/02/2021 19:50
Para evitar variante, Peru prorroga suspensão de voos do Brasil até 14 de março
Fiscais fecham baile com 190 idosos em São Paulo
VIGILÂNCIA SANITÁRIA

Fiscais fecham baile com 190 idosos em São Paulo

28/02/2021 17:53
Fiscais fecham baile com 190 idosos em São Paulo
Reino Unido identifica seis casos da variante de Manaus do coronavírus
NA INGLATERRA E ESCÓCIA

Reino Unido identifica seis casos da variante de Manaus do coronavírus

28/02/2021 17:41
Reino Unido identifica seis casos da variante de Manaus do coronavírus
Mulher encomenda iPhone por R$ 8,5 mil e recebe caixa leite sabor maçã
INUSITADO

Mulher encomenda iPhone por R$ 8,5 mil e recebe caixa leite sabor maçã

28/02/2021 17:10
Mulher encomenda iPhone por R$ 8,5 mil e recebe caixa leite sabor maçã
Últimas Notícias