Dólar Comercial compra R$ 5,1367 venda R$ 5,1387 máxima 5,1787
Euro compra R$ 5,6642 venda R$ 5,667 máxima 5,7135
30 Mar - 12h22
segunda, 30 de março de 2020
Basa Suspende Parcela
Basa Suspende Parcela - mobile
MEDIDA DE SEGURANÇA

PM vai fichar e fotografar quem frequentar praias e pontos turísticos no Rio

25 Mar 2020 - 09h00Atualizado 25 Mar 2020 - 08h54
PM vai fichar e fotografar quem frequentar praias e pontos turísticos no Rio - Crédito: Ana Branco / Agência O Globo Crédito: Ana Branco / Agência O Globo

A PM do Rio vai fichar e fotografar pessoas que forem flagradas frequentando praias e pontos turísticos durante o combate ao coronavírus. Na última sexta-feira, 20, policiais militares do Batalhão de Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (BPTur) foram instruídos a abordar e criteriosamente e qualificar os usuários das praias e aqueles que estejam concentrados em outras áreas de interesse turístico, assim como tirar foto e encaminhar para o sistema da P-2 (serviço reservado do batalhão)”.

As recomendações, assinadas pelo capitão Luiz Augusto Vieira de Oliveira, chefe do setor de operações do batalhão, passaram a ser postas em práticas a partir do último sábado e valem por 15 dias. As abordagens serão feitas nas praias de Copacabana e Ipanema, no Pão de Açúcar, no Corcovado, na Região Portuária, nas imediações do Museu do Amanhã, do AquaRio e da montanha-russa RioStar, na Estrada das Paineiras e na Vista Chinesa.

A medida tem como objetivo cumprir o estabelecido no decreto assinado pelo governador Wilson Witzel na semana passada, que proibiu que a população frequente praias, rios, lagos e pontos turísticos do estado durante o combate à epidemia. De acordo com a PM, entretanto, ainda “não houve registro de condução a delegacias”. A corporação alega que “em casos de desobediência, os policiais militares atuarão de acordo com o protocolo interno da corporação visando o cumprimento da legislação vigente”.

Já a Polícia Civil afirma que, em caso de condução de pessoas à delegacia, os infratores podem ser autuados em flagrante por crime contra a saúde pública. A pena por "infringir determinação do poder público, destinada impedir introdução ou propagação de doença contagiosa" pode chegar a um ano.

Fonte: Extra.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Sambódromo do Rio vai abrigar pessoas em situação de rua
MEDIDA DE CONTENÇÃO

Sambódromo do Rio vai abrigar pessoas em situação de rua

há 35 minutos atrás
Sambódromo do Rio vai abrigar pessoas em situação de rua
Economia brasileira projeta queda de 0,48% este ano
ECONOMIA

Economia brasileira projeta queda de 0,48% este ano

30/03/2020 11:05
Economia brasileira projeta queda de 0,48% este ano
Japão quer incluir em lista de recusa entrada de estrangeiros dos EUA
PANDEMIA

Japão quer incluir em lista de recusa entrada de estrangeiros dos EUA

30/03/2020 10:33
Japão quer incluir em lista de recusa entrada de estrangeiros dos EUA
Trump desiste de reabrir comércio dos EUA em abril
CORONAVÍRUS

Trump desiste de reabrir comércio dos EUA em abril

30/03/2020 10:30
Trump desiste de reabrir comércio dos EUA em abril
Bolsonaro visita comércio em Brasília e cumprimenta feirantes
DE SURPRESA

Bolsonaro visita comércio em Brasília e cumprimenta feirantes

30/03/2020 10:15
Bolsonaro visita comércio em Brasília e cumprimenta feirantes
Últimas Notícias