Dólar Comercial compra R$ 3,7487 venda R$ 3,7504 máxima 3,7487
Euro compra R$ 4,2806 venda R$ 4,283 máxima 4,2852
19 Nov - 08h28
segunda, 19 de novembro de 2018
SEIS MESES DEPOIS

Polícia investiga 40 mil dados de celulares para encontrar assassinos de Marielle

Inquérito do caso tem mais de 2.000 páginas

14 Set 2018 - 06h28Por Da Redação
Marielle Franco foi assassinada seis meses atrás - Crédito: ReproduçãoMarielle Franco foi assassinada seis meses atrás - Crédito: Reprodução

A morte da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes, em 14 de março passado, segue como um grande mistério para a Polícia Civil do Rio de Janeiro. Sis meses após o crime, a Divisão de Homicídios da Polícia Civil, no Rio de Janeiro, teve o efetivo de envolvidos nas investigações reduzido em comparação ao início dos trabalhos no caso. Nos primeiros dias eram 30 agentes, depois esse número chegou  a dez e, há 14 dias, voltou a ter 20 investigadores, de acordo com informações obtidas pelo portal G1.

Alguns foram deslocados para outras atividades na própria DH ou em missões na Polícia Civil, todos a pedido da administração da própria corporação. Além da falta de efetivo, a Polícia Civil está em meio a uma análise que envolve, no mínimo, 40 mil páginas de dados de telefones celulares.

Ao pedir informações em concessionárias telefônicas, a polícia recebeu uma quantidade imensa de mensagens trocadas naquela região do crime e poucas de voz. O cruzamento de informações busca saber se esses telefones aparecem em outros pontos da cidade no dia do assassinato de Marielle e de Anderson.

Desde o dia do crime até esta quinta-feira (13), o Disque-denúncia recebeu 190 denúncias sobre o caso. De acordo com os investigadores, as informações indicam linhas de investigação mas não levaram a provas para o crime.

Com informações dom G1.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Marcelo Piloto é extraditado do Paraguai para o Brasil
ACUSADO DE ASSASSINATO

Marcelo Piloto é extraditado do Paraguai para o Brasil

há 59 minutos atrás
Marcelo Piloto é extraditado do Paraguai para o Brasil
Roberto Castello Branco deve assumir presidência da Petrobras
MAIS UM NOME (QUASE) CONFIRMADO

Roberto Castello Branco deve assumir presidência da Petrobras

19/11/2018 07:11
Roberto Castello Branco deve assumir presidência da Petrobras
Dupla sertaneja é assaltada durante show e vai à web pedir ajuda
CRIMINALIDADE SEM PERDÃO

Dupla sertaneja é assaltada durante show e vai à web pedir ajuda

19/11/2018 07:02
Dupla sertaneja é assaltada durante show e vai à web pedir ajuda
Edison Brittes, acusado do assassinato, pode fazer parte de rede criminosa
CASO DANIEL

Edison Brittes, acusado do assassinato, pode fazer parte de rede criminosa

19/11/2018 06:50
Edison Brittes, acusado do assassinato, pode fazer parte de rede criminosa
Famílias de tripulantes pedem que submarino argentino seja resgatado
COMOÇÃO

Famílias de tripulantes pedem que submarino argentino seja resgatado

19/11/2018 06:45
Famílias de tripulantes pedem que submarino argentino seja resgatado
Últimas Notícias