Euro compra R$ 4,1792 venda R$ 4,1798 máxima 4,2116
Dólar Comercial compra R$ 3,7007 venda R$ 3,7009 máxima 3,726
17 Fev - 15h07
domingo, 17 de fevereiro de 2019
Unique
unique_mobile
SEIS MESES DEPOIS

Polícia investiga 40 mil dados de celulares para encontrar assassinos de Marielle

Inquérito do caso tem mais de 2.000 páginas

14 Set 2018 - 06h28Por Da Redação
Marielle Franco foi assassinada seis meses atrás - Crédito: ReproduçãoMarielle Franco foi assassinada seis meses atrás - Crédito: Reprodução

A morte da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes, em 14 de março passado, segue como um grande mistério para a Polícia Civil do Rio de Janeiro. Sis meses após o crime, a Divisão de Homicídios da Polícia Civil, no Rio de Janeiro, teve o efetivo de envolvidos nas investigações reduzido em comparação ao início dos trabalhos no caso. Nos primeiros dias eram 30 agentes, depois esse número chegou  a dez e, há 14 dias, voltou a ter 20 investigadores, de acordo com informações obtidas pelo portal G1.

Alguns foram deslocados para outras atividades na própria DH ou em missões na Polícia Civil, todos a pedido da administração da própria corporação. Além da falta de efetivo, a Polícia Civil está em meio a uma análise que envolve, no mínimo, 40 mil páginas de dados de telefones celulares.

Ao pedir informações em concessionárias telefônicas, a polícia recebeu uma quantidade imensa de mensagens trocadas naquela região do crime e poucas de voz. O cruzamento de informações busca saber se esses telefones aparecem em outros pontos da cidade no dia do assassinato de Marielle e de Anderson.

Desde o dia do crime até esta quinta-feira (13), o Disque-denúncia recebeu 190 denúncias sobre o caso. De acordo com os investigadores, as informações indicam linhas de investigação mas não levaram a provas para o crime.

Com informações dom G1.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 32 milhões
NA PRÓXIMA SAI

Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 32 milhões

há 14 minutos atrás
Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 32 milhões
Bolsonaro afirma que está determinado a mudar os rumos do Brasil
MUDANÇAS

Bolsonaro afirma que está determinado a mudar os rumos do Brasil

há 24 minutos atrás
Bolsonaro afirma que está determinado a mudar os rumos do Brasil
Procurado pela Lava Jato no Rio é preso em Portugal e solto no dia seguinte
AUCUSADO DE FRAUDE

Procurado pela Lava Jato no Rio é preso em Portugal e solto no dia seguinte

17/02/2019 12:58
Procurado pela Lava Jato no Rio é preso em Portugal e solto no dia seguinte
Quatro crianças são encontradas mortas após deslizamento de terra
EM SÃO PAULO

Quatro crianças são encontradas mortas após deslizamento de terra

17/02/2019 11:09
Quatro crianças são encontradas mortas após deslizamento de terra
Bebianno diz que dará "satisfações" após possível saída
GOVERNO BOLSONARO

Bebianno diz que dará "satisfações" após possível saída

17/02/2019 10:35
Bebianno diz que dará "satisfações" após possível saída
Últimas Notícias