Dólar Comercial compra R$ 5,4378 venda R$ 5,4391 máxima 5,4386
Euro compra R$ 6,4086 venda R$ 6,4114 máxima 6,4113
08 Ago - 11h15
sábado, 08 de agosto de 2020
PMB ICOAR E OUT 27.7
PMB ICOAR E OUT - MOB 27.7
DISTRITO FEDERAL

Professora do traficante de animais picado por naja é afastada do Conselho Regional de Medicina Veterinária

01 Ago 2020 - 15h46Atualizado 01 Ago 2020 - 15h46
Professora do traficante de animais picado por naja é afastada do Conselho Regional de Medicina Veterinária - Crédito: Reprodução Crédito: Reprodução

O Conselho Regional de Medicina Veterinária do Distrito Federal afastou a professora Fabiana Volkweis da Câmara Técnica de Pequenos Animais da entidade. A decisão foi tomada na sexta-feira, 31, após a polícia descobrir mensagens dela em um dos celulares apreendidos na investigação de tráfico de animais.

A chamada Operação Snake, que investiga a compra e venda de serpentes exóticas, foi deflagrada depois do estudante de veterinária Pedro Henrique Santos Krambeck Lehmkuhl ter sido picado por uma cobra naja, no começo de julho, em Brasília. Pedro e o colega Gabriel Ribeiro estavam presos temporariamente, mas foram soltos na sexta.

O comunicado do Conselho de Veterinária diz que Fabiana "foi afastada até a conclusão do inquérito policial". A entidade afirma que acompanha as investigações e que, se a professora for condenada, vai abrir um processo ético que pode levar à cassação do registro profissional dela.

Em um dos celulares apreendidos, os policiais encontraram textos de Fabiana Volkweis – que também dava aulas para Gabriel. Na mensagem, ela orientava os alunos para "soltarem as cobras no mato".

O Centro Universitário do Planalto Central Apparecido dos Santos (Uniceplac), no Gama, onde os jovens estudam, confirmou que Fabiana Volkweis faz parte do quadro. Mas disse que não tinha conhecimento sobre a criação ou posse ilegal de serpentes. 

Pedro Krambeck foi liberado após o desembargador Casemiro Belinati considerar que ele "prestou todos os esclarecimentos e contribui com as investigações". Conforme os advogados, Pedro forneceu a senha do celular do padrasto dele, o tenente-coronel Eduardo Condi, da Polícia Militar do DF.

Fonte: G1

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio de R$ 6,5 milhões
SORTE GRANDE

Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio de R$ 6,5 milhões

há 35 minutos atrás
Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio de R$ 6,5 milhões
Republicanos lança pré-candidatura de Russomanno em SP
PREFEITURA

Republicanos lança pré-candidatura de Russomanno em SP

há 45 minutos atrás
Republicanos lança pré-candidatura de Russomanno em SP
Bolsonaro se manifesta sobre ofensas racistas sofridas por entregador de aplicativo: ‘Todos somos iguais!’
NAS REDES SOCIAIS

Bolsonaro se manifesta sobre ofensas racistas sofridas por entregador de aplicativo: ‘Todos somos iguais!’

08/08/2020 09:38
Bolsonaro se manifesta sobre ofensas racistas sofridas por entregador de aplicativo: ‘Todos somos iguais!’
Avó de Michelle Bolsonaro deixa UTI após mais de um mês
COM COVID-19

Avó de Michelle Bolsonaro deixa UTI após mais de um mês

08/08/2020 09:00
Avó de Michelle Bolsonaro deixa UTI após mais de um mês
Caixa libera saque da ajuda de R$ 600 para mais um grupo. Saiba quem recebe!
AUXÍLIO EMERGENCIAL

Caixa libera saque da ajuda de R$ 600 para mais um grupo. Saiba quem recebe!

08/08/2020 08:40
Caixa libera saque da ajuda de R$ 600 para mais um grupo. Saiba quem recebe!
Últimas Notícias