Dólar Comercial compra R$ 4,0346 venda R$ 4,0353 máxima 4,0390
Euro compra R$ 4,4777 venda R$ 4,4817 máxima 4,4829
19 Ago - 11h19
segunda, 19 de agosto de 2019
Banco da Amazônia 940x230px
Banco da Amazônia 300x100 mobile
FLAGRADA EM FESTA

Suzane Richthofen perde direito às saídas temporárias

12 Fev 2019 - 12h11Atualizado 12 Fev 2019 - 12h46Por Da Redação
Suzane Richthofen foi detida pela PM em dezembro ao ser flagrada em festa de casamento em Taubaté - Crédito: Arquivo PessoalSuzane Richthofen foi detida pela PM em dezembro ao ser flagrada em festa de casamento em Taubaté - Crédito: Arquivo Pessoal

Após flagrante em festa durante a saída temporária de Natal, a Vara de Execuções Criminais (VEC) de Taubaté suspendeu o direito ao benefício para a detenta Suzane von Richthofen. A punição tem validade para as três próximas 'saidinhas' - Páscoa, Dia das Mães e Dia dos Pais. Condenada a 39 anos de prisão pela morte dos pais, Suzane cumpre pena na penitenciária de Tremembé (SP).

A medida sobrepõe a decisão anterior, da juíza plantonista, Sueli Zeraik. Na ocasião da infração, em dezembro de 2018, ela entendeu que não havia irregularidade e manteve autorizada a saída de fim de ano da presa. A detenção havia sido feita pela PM.

A nova decisão, da juíza do caso, Wania Regina da Cunha, foi assinada na última semana e foi baseada em um pedido do Ministério Público.

Para a magistrada, houve descumprimento da regra na saída de Natal. Isso porque Suzane estava na festa de casamento, em Taubaté, ao invés de seguir para o endereço indicado à Justiça - que é a casa da família do namorado, em Angatuba (SP).

Também foi considerado como agravante, o fato de Suzane já ter informado endereço falso na saída de Dia das Mães em 2016. Na época, como punição, ela ficou na cela solitária por 10 dias e respondeu a processo administrativo.

Condição

Com a perda das três próximas saídas temporárias, Suzane só deve voltar a sair da prisão no Dia das Crianças. A retomada do benefício é condicionada ao bom comportamento dela no sistema prisional.

Por nota, a Defensoria Pública, responsável pela defesa de Suzane, informou que o processo tramita em segredo de justiça e não tem autorização para passar informações.

A Secretaria de Administração Prisional (SAP) foi procurada para comentar o assunto e o G1 aguarda o retorno.

O Ministério Público, autor do pedido que resultou na perda do benefício, foi procurado e disse que não vai se manifestar porque o processo de Suzane tramita em segredo de Justiça.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Uso da força em Hong Kong pode afetar acordo dos EUA com a China
INTERNACIONAL

Uso da força em Hong Kong pode afetar acordo dos EUA com a China

19/08/2019 09:44
Uso da força em Hong Kong pode afetar acordo dos EUA com a China
Cinemas têm até janeiro para garantir acessibilidade a cegos e surdos
INCLUSÃO

Cinemas têm até janeiro para garantir acessibilidade a cegos e surdos

19/08/2019 08:32
Cinemas têm até janeiro para garantir acessibilidade a cegos e surdos
No Dia do Ciclista, campanha alerta sobre uso seguro da bicicleta
PREVENÇÃO DE ACIDENTES

No Dia do Ciclista, campanha alerta sobre uso seguro da bicicleta

19/08/2019 08:20
No Dia do Ciclista, campanha alerta sobre uso seguro da bicicleta
Americano acha mensagem em garrafa lançada ao mar 50 anos atrás por marinheiro russo
PELO MUNDO

Americano acha mensagem em garrafa lançada ao mar 50 anos atrás por marinheiro russo

19/08/2019 08:08
Americano acha mensagem em garrafa lançada ao mar 50 anos atrás por marinheiro russo
Agropecuária do Nordeste ganha plano de ação para o seu desenvolvimento
CRÉDITO LIBERADO

Agropecuária do Nordeste ganha plano de ação para o seu desenvolvimento

19/08/2019 07:53
Agropecuária do Nordeste ganha plano de ação para o seu desenvolvimento
Últimas Notícias