Dólar Comercial compra R$ 5,4666 venda R$ 5,4672 máxima 5,4863
Euro compra R$ 6,6523 venda R$ 6,6552 máxima 6,6782
24 Jan - 16h33
domingo, 24 de janeiro de 2021
MAGAZAN INSPIRAÇÃO - DESK- 24/01
MAGAZAN INSPIRAÇÃO - MOB - 24/01
IMUNIZAÇÃO

Vacinação começará em janeiro por Manaus, diz Pazuello

13 Jan 2021 - 14h37Atualizado 13 Jan 2021 - 18h03
Vacinação começará em janeiro por Manaus, diz Pazuello - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello declarou na manhã desta quarta-feira, 13, que Manaus, no Amazonas, terá prioridade no plano de vacinação. Pazuello não forneceu detalhes da estratégia de imunização.

"Vamos vacinar em janeiro e Manaus será a primeira a ser vacinada. A vacina será distribuída simultaneamente, de acordo com a proporção populacional".

O ministro informou que, este mês, serão disponibilizadas 8 milhões de doses da AstraZeneca e Butantan/Sinovac, e que as remessas serão distribuídas tão logo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) comprove a eficácia dos imunizantes. Seis milhões de doses estão guardadas no depósito do Ministério da Saúde em Guarulhos (SP).

"Somos o país que mais imuniza no mundo. Aplicamos 300 milhões de doses por ano e vamos fazer igual com a covid-19. O resto é pressão política, de bandeira e de interesses particulares".

Durante visita na capital do Amazonas, Pazuello divulgou uma série de medidas para auxiliar no combate ao avanço acelerado de óbitos e casos de covid.

O Ministério da Saúde reorganizou, com o auxílio das Forças Armadas, a estrutura do Hospital Universitário Getúlio Vargas (HUGV), que vai disponibilizar 180 leitos. A pasta também enviou 200 enfermarias de campanha para reforçar o atendimento em unidades de referência, como o Delphina Aziz e do 28 de Agosto.

No Hospital Nilton Lins serão disponibilizados nesta quinta, 14, 350 leitos, entre clínicos e de terapia intensiva.

"Fechamos parceria com o Sírio Libanês para ajudar na gestão de desospitalização (tratamento domiciliar com acompanhamento), com 150 leitos para tratamento residencial", informou Pazuello. "Com 500 leitos, nós estabilizamos os estados".

O Ministério vai realizar, por meio da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserbh), ações de capacitação, apoio e logística de transferência de 180 profissionais de saúde contratados em seleção da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) em parceria como o Ministério da Saúde. A logística necessária, segundo Pazuello será gratuita.

"Reforcei ao secretário (de saúde do Amazonas, Marcellus Campêlo) que qualquer compra pode ser encomendada para Guarulhos que o Ministério transportará para Manaus com logística gratuita", reafirmou.

 

Com informações Portal do Holanda

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 98469-4559ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Rondônia inicia transferência de pacientes com covid-19 devido a falta de leitos
CRISE NA SAÚDE

Rondônia inicia transferência de pacientes com covid-19 devido a falta de leitos

há 39 minutos atrás
Rondônia inicia transferência de pacientes com covid-19 devido a falta de leitos
Mais de 19 toneladas de lixo são retirados de cartão postal do Rio de Janeiro
MEIO AMBIENTE

Mais de 19 toneladas de lixo são retirados de cartão postal do Rio de Janeiro

24/01/2021 15:30
Mais de 19 toneladas de lixo são retirados de cartão postal do Rio de Janeiro
Falhas no sistema de rastreamento de vacinados contra a covid no Brasil preocupa governo
DESATUALIZADO

Falhas no sistema de rastreamento de vacinados contra a covid no Brasil preocupa governo

24/01/2021 15:25
Falhas no sistema de rastreamento de vacinados contra a covid no Brasil preocupa governo
Justiça decide que quem furou fila da vacina no AM não terá segunda dose antes do prazo
AMAZONAS

Justiça decide que quem furou fila da vacina no AM não terá segunda dose antes do prazo

24/01/2021 15:13
Justiça decide que quem furou fila da vacina no AM não terá segunda dose antes do prazo
Ministro da Saúde está no Amazonas e deve ficar o 'tempo que for necessário', diz assessoria
COVID-19

Ministro da Saúde está no Amazonas e deve ficar o 'tempo que for necessário', diz assessoria

24/01/2021 15:05
Ministro da Saúde está no Amazonas e deve ficar o 'tempo que for necessário', diz assessoria
Últimas Notícias